“Eu não era famoso”, diz Psy, sobre os tempos antes do hit “Gangnam Style”

Rolling Stone EUA Publicado em 28/10/2012, às 11h26

Psy
AP

A estrela do K-pop Psy passou pela redação da Rolling Stone EUA para conversar sobre o hit “Gangnam Style”, seu sucesso inesperado e os famosos óculos escuros. Como ele revelou, a bem-sucedida música não foi criada para um público de fora da Coreia do Sul; ele colocou no YouTube mirando a grande base de fãs de K-pop que visita o site. “Eu não era importante, não era famoso”, ele disse. “Algumas celebridades como a Katty Perry e Britney Spears começaram a espalhar meu clipe pelo Twitter... A CNN e a ABC passaram a falar de mim na mesma época, assim como o LA Times, The New York Times e Wall Street Journal - tudo aconteceu ao mesmo tempo, na mesma semana. Não sei por quê.”

Destrinchando o “Gangnam Style” de Psy.

A música e o estilo de Psy se tornaram sensação. “Eu não posso tirar meus óculos escuros agora”, ele conta, com uma risada. De fato, as lentes são uma assinatura tão marcante do estilo de Psy, que ele foi reconhecido por Jon Bon Jovi em Las Vegas. “Ele disse: ‘Ei, vamos tirar uma foto’. E nós tiramos a foto, ele subiu a foto no seu Facebook dizendo: ‘Pessoal, olhem com quem eu estou agora’. Eu fiquei: ‘Uau, aquele era o Bon Jovi, ele me reconheceu e pediu para tirar uma foto comigo. Uau. Eu o amo desde ‘You Give Love a Bad Name’.”

Psy admite, apesar de seguir à risca seus compromissos agora, ele perdeu muitas aulas nos tempos de estudante da Berklee College of Music. “A aula era muito cedo, então eu não ia”, relembra. “Era muito jovem e pensava que não poderia aprender a ter criatividade com os outros.” Ter faltado realmente pode ter dado resultado.

Veja, abaixo, o vídeo da entrevista completa (em inglês):