Evento de lançamento do disco do Radiohead sofre ataque em Istambul, na Turquia

Segundo relatos compartilhados em redes sociais, cerca de 20 homens portando canos agrediram pessoas na loja de discos Velvet IndieGround; não houve a confirmação de nenhuma morte ou pessoas gravemente feridas

Redação Publicado em 17/06/2016, às 19h22 - Atualizado às 20h00

Thom Yorke à frente do Radiohead durante show no México, em 2012

Ver Galeria
(2 imagens)

Nesta sexta, 17, o Radiohead está promovendo festas de lançamento do mais recente disco da banda, A Moon Shaped Pool (2016), em lojas de discos de todo o mundo. De acordo com um veículo de comunicação turco, o evento na loja Velvet IndieGround, em Istambul, foi atacada por um grupo de homens supostamente enfurecidos devido à venda de bebida alcoólica no local em um dia de Ramadã.

Um vídeo foi publicado no YouTube registrando o ataque e a pessoa que fez o registro escreveu que os homens “estavam determinados a nos matar”. “Apanhamos de mais de 20 homens com canos nas mãos”, segue ele. “Garrafas de cerveja foram quebradas nas nossas cabeças, eu nem sei como conseguimos sair. Compartilharei mais detalhes depois, só espero que ninguém tenha morrido.”

Segundo informações publicadas no evento da festa no Facebook, por usuários do Reddit e do YouTube, o ataque aconteceu entre as 21h e as 22h (horário local) desta sexta, 17. “Entre 20 e 25 homens começaram repentinamente a bater em convidados, alguns estavam dentro e outro fora da loja de discos Velvet IndieGround, tomando cerveja e outras bebidas”, escreveu um usuário no Facebook.

Ele acrescentou: “Então eles entraram na loja chutando e dando socos nos convidados e destruindo os discos e os equipamentos. Havia pelo menos uma ambulância, mas nenhuma polícia. Há rumores de que uma pessoa está morta”. O assunto foi repercutido na mídia internacional, por veículos como a revista Spin e os sites Pitchfork, Consequence of Sound e Stereogum, entre outros.

Até o presente momento, não houve a confirmação de nenhuma morte ou pessoas gravemente feridas (ainda que fotos divulgadas no Twitter mostrem pessoas sangrando supostamente no local). Nem o Radiohead nem a gravadora XL Recordings se pronunciaram sobre o acontecimento.

O vídeo abaixo contém imagens fortes e violentas.