A evolução dos videoclipes do 'NSync

Redação Publicado em 26/08/2013, às 16h21 - Atualizado às 16h37

Galeria N Sync: abre
Reprodução

“I Want You Back”

É preciso alguma coragem para batizar o primeiro single de uma nova boy band com o mesmo nome de um sucesso de uma outra boy band, mas é uma aposta que pode valer a pena. “I Want You Back”, do 'N Sync, pode não ter chegado ao topo das paradas como a música de mesmo nome do Jackson 5, mas prometia com harmonias crescentes, coreografias entusiasmadas e cortes de cabelo dos anos 90.


“Tearin' Up My Heart”

Os garotos participam da melhor sessão de fotos da história e de repente estão cercados de fotografias tristes em preto e branco. Prêmio especial para J.C. Chasez, que finge tocar violão em uma música que não tem violão nenhum.


“Together Again”

Alerta de fofisse! É Natal, e para celebrar os integrantes 'N Sync abriram o álbum de fotografias antigas e vídeos caseiros. Rostos infantis, tanto do passado como do presente, estão por todo lado no clipe desta vagarosa canção.


“U Drive Me Crazy”

Quando o estrelato está na mira, você faz qualquer coisa para assinar um bom contrato com a gravadora, seja se vestir de mulher para distrair a secretária, seja se infiltrar em uma festa com líderes mundiais vestido de Jackson 5. Claro que quando tudo isso dá errado, e o grupo aprende sua bela lição – apenas seja você mesmo!


“Thinking of You (I Drive Myself Crazy)”

Os jovens talentos estão presos em um sanatório e cantam enjaulados enquanto flashbacks explicam as razões pelas quais foram parar ali. Com uma canção triste, eles viajam nas profundezas da decepção amorosa até que no final não apenas conseguem sair do local recuperados como veem as responsáveis pelo drama completamente enlouquecidas.


“(God Must Have Spent) A Little More Time on You”

Uma canção tão açucarada que merecia um videoclipe a altura. O clipe desta balada acompanha a história de um menino do interior que ao crescer tem que deixar a namorada e a mãe para lutar pelo seu país. Ao retornar, ele bate na porta da mãe e, por algum motivo, um zoom no olho dela mostra imagens de quando era criança.


“Bye Bye Bye”

Os integrantes do 'N Sync estão presos como marionetes neste grande hit do ano 2000. Ao fugir, com o icônico gesto que acompanha o refrão “bye bye bye”, eles acabam em cenários diferentes como o topo de um trem em movimento, um carro vermelho no deserto e, Justin Timberlake, em um imenso galpão industrial.


“It's Gonna Be Me”

O sucesso do álbum No Strings Attached continua, e agora acontece dentro de uma loja de brinquedos. Os integrantes do 'N Sync, transformados em bonecos, têm que lutar contra soldadinhos para conquistar um grupo de bonecas. Mas no fim eles são capturados por Kim Smith, a mesma mulher que serve de vilã em “Bye Bye Bye”.


“I'll Never Stop”

O que você faz quando os integrantes da boy band estão constantemente na estrada e não têm tempo para gravar o clipe do próximo single? Uma montagem! Conversando no backstage, desfilando no tapete vermelho, ensaiando em um estádio de beisebol ou qualquer tipo de imagem assim serviu para o vídeo do hit do disco que na primeira semana vende 2,4 milhões de cópias (ano 2000, a indústria fonográfica sente sua falta).


“This I Promise You”

Quando você precisa ficar sentimental, não tem local melhor que uma floresta, e não tem roupa melhor que blusas com gola alta. Memórias de relacionamentos passados dos garotos do 'N Sync aparecem em simbólicas bolhas que viajam pelo ar.


“Pop”

O que o 'N Sync poderia fazer depois de conquistar o mundo com um disco e uma coleção de hits bem-sucedidos? Talvez simplesmente uma outra música que reúna tudo o que eles têm de melhor em uma simples palavra e uma festa cheia de neon. Sem contar, claro, a mudança (ou seria evolução?) no corte de cabelo de Justin Timberlake.


“Gone”

Quão adequado seria se o 'N Sync encerrasse a carreira com “Gone”? De qualquer forma, a música, assim como o clipe que a acompanha, é boa. Um vídeo em preto e branco com um momento longo de solidão de Justin Timberlake, um dos responsáveis por escrever a faixa. A produção também acabou por ser bastante semelhante àquilo que o cantor encontraria mais tarde com Timbaland em sua carreira solo.


“Girlfriend”

O fim poderia estar próximo, mas a banda ainda tinha mais um hit no Top 10. E para acompanhar a faixa os integrantes do 'N Sync foram até um estacionamento para dançar em cima dos veículos ou mesmo ficar com uma garota no banco de trás de um carro. Um bom jeito de se despedir.