Ex-baixista do Queens of the Stone Age pode pegar até 15 anos de prisão

Nick Oliveri foi indiciado por uma série de crimes após manter a namorada como refém, no mês passado

Da redação Publicado em 15/08/2011, às 13h21

Nick Oliveri é acusado de crimes de agressão doméstica, porte de armas, drogas e obstrução do trabalho da polícia
Reprodução/YouTube

No início do mês passado, o músico Nick Oliveri foi detido após relatos de violência doméstica. O ex-baixista do Queens of the Stone Age manteve sua namorada como refém durante uma briga do casal. Após ser preso pela S.W.A.T. e pagar a fiança, Oliveri agora pode pegar até 15 anos de prisão, já que, além de ele ter sido acusado de obstruir o trabalho da polícia, na sua casa também foram encontradas substâncias ilícitas e um rifle carregado. As informações são do site TMZ.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

Conhecido no Brasil pelo episódio em que tocou nu durante a apresentação do Queens of the Stone Age no Rock in Rio de 2001, Nick Oliveri e a namorada tiveram discussões um dia antes do baixista mantê-la como refém. Após a briga, a garota passou em casa para recolher seus pertences, mas encontrou resistência por parte de Oliveri. Um vizinho chamou a polícia após ouvir discussões entre o casal.

Segundo os arquivos da polícia, o baixista foi indiciado por crimes de agressão doméstica, porte de armas, drogas e obstrução do trabalho da polícia. Ele permaneceu por quatro horas em conflito com a polícia, libertando a namorada cerca de duas horas após o início das negociações e se entregando pouco depois. Além do rifle, foram encontradas na casa de Oliveri cocaína e metanfetaminas. Ele foi libertado após pagar fiança de US$ 100 mil (cerca de R$ 150 mil).