Stan Lee Media processa Disney por direitos sobre personagens

Homem-Aranha e X-Men são algumas das criações do escritor

Redação Publicado em 10/10/2012, às 15h03 - Atualizado às 16h30

Stan Lee recebeu a estrela de número 2.428 na Calçada da Fama de Hollywood
AP

Os Vingadores não poderia alcançar uma das maiores bilheterias da história sem passar por problemas judiciais. A empresa Stan Lee Media, que fechou há mais de uma década, está processando a Disney e alega ter direito sobre parte dos US$ 5,5 bilhões arrecadados não só com o blockbuster, que teve parte de seus personagens criados por Lee, como também de outros filmes de super-heróis.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Stan Lee foi o criador de ícones como o Homem-Aranha, os X-Men, entre outros. “A Walt Disney Company tem afirmado em público que, de fato, possui direitos autorais sobre os personagens principais e outras centenas de coadjuvantes criados por Stan Lee. Estas alegações feitas são falsas”, diz o processo movido pela empresa, que no entanto não tem mais vínculo com seu criador.

A Disney diz que adquiriu o direito de utilizar os super-heróis aos comprar, em agosto de 2009, a Marvel por US$ 4 bilhões, enquanto a Stan Lee Media afirma ter os direitos sobre os personagens desde que foi criada, em 1998.