Ex-ILUV, cantora de k-pop posta despedida, mas é salva por policial

Mais tarde, Min Ah publicou um relato sobre a tentativa de suicídio no Youtube, segundo revista

Redação Publicado em 16/07/2020, às 08h00

None
Min Ah (Foto: Reprodução / Instagram)

A cantora Min Ah, ex-integrante do grupo de k-pop ILUV, fez um post de despedida no Instagram e tentou cometer suicídio nesta quarta-feira, 15, segundo informações do AllKPop reproduzidas pelo Uol

A artista enfrenta uma longa batalha contra a gravadora WKS ENE, responsável por administrar a carreira do grupo. Segundo Min Ah, a empresa cometeu bullying, que causou insônia, perda de apetite e peso - k-idol chegou a pesar 36 quilos, segundo a revista Quem

O comportamento da WKS ENE foi confirmado por outra integrante do ILUV, Ga Hyun, e, então, Min Ah conseguiu deixar o grupo e quebrar o contrato de exclusividade com a gravadora por meio de uma ação judicial. 

+++ LEIA MAIS: Cantor Charlie Puth se desentende com fãs do BTS: ‘10 anos atrás mensagens assim me afetariam profunda e negativamente’

Recentemente, a cantora revelou que a empresa pediu para ela manter silêncio sobre o bullying. A k-idol, que também lida com problemas de saúde mental, exigiu um pedido de desculpas público, mas não foi atendida. 

Após compartilhar a postagem de despedida na rede social, a artista se dirigiu até a ponte do Rio Han. Contudo, um policial impediu o suicídio. No momento que esta nota foi escrita, Min Ah já tinha deletado a publicação.

+++ LEIA MAIS: Blackpink bate 5 (pois é, 5) recordes do Guinness de uma só vez; conheça

De acordo com a revista Quem, a cantora publicou um relato sobre o ocorrido no Youtube, o qual foi traduzido por fãs. 

“Eu fui para o rio Han Gang ao amanhecer e estava pensando em coisas ruins. E um policial me salvou. Muito obrigada, policial, que é primo do Taemin, do SHINee. Obrigada por confortar minha mãe. Eu vou dizer obrigado quando eu estiver melhor”, falou Min Ah

A artista ainda deixou um recado para os “autores” e disse: “Eu estou tão angustiada por causa de vocês. Por favor, parem. Eu vou descansar um pouco e voltar quando estiver melhor”.


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE