Ex-marido de Amy Winehouse pede R$ 4.6 milhões da herança da cantora

Blake Fielder-Civil vai entrar na justiça para solicitar uma parte do legado deixado pela britânica

Redação Publicado em 30/07/2019, às 10h23

None
Amy Winehouse (Foto: AP Matt Dunham)

Oito anos depois da morte de Amy Winehouse, uma das artistas mais estonteantes do século 21, o seu ex-marido, Blake Fielder-Civil divulgou que vai entrar na justiça para exigir um milhão de libras (cerca de 4.6 milhões de reais) da herança da cantora. 

Ao tomar conhecimento sobre a ação, a família de Amy reforçou que Blake "não merece nada da herança". Segundo o jornal The Sun, uma fonte próxima afirmou que "ele é uma pessoa que gastou muito do dinheiro da Amy enquanto eles estavam juntos e passou muito tempo do casamento na prisão, só trazendo dor para todo mundo. Dar a ele mais um centavo seria muito", concluiu. 

+++ LEIA MAIS: Amy Winehouse transformou sua dor e angústia em jazz, mas ela não era só isso [ANÁLISE]

Com 27 anos, a cantora britânica deixou um imenso legado musical com apenas dois discos de estúdio, sendo eles Frank, em 2003, e Black To Black, em 2006. O segundo em questão, foi o retrato do talento de Amy e marcado pelos conflitos da sua separação com Blake

O álbum rendeu à ela o posto da artista feminina britânica mais premiada em uma única edição do Grammy e se tornou o disco mais vendido do século 21. 

A cantora foi encontrada morta no dia 23 de julho de 2011, em Camden Town, no norte de Londres e a investigação concluiu como uma morte acidental por ingestão de álcool depois de um período de abstinência.

+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"