Ex-esposa de Neil Young, a cantora Pegi Young morre aos 66 anos

O casal fundou uma ONG para ajudar crianças com paralisia cerebral

Redação Publicado em 03/01/2019, às 12h13

None
Pegi Young & The Survivors durante show beneficente, em 2014, para arrecadar fundos para a The Bridge School (Foto: John Davisson/Invision/AP)

A cantora Pegi Young, ex-mulher de Neil Young, morreu aos 66 anos de idade após um ano de batalha contra o câncer.

A norte-americana, que foi casada com o ícone do rock canadense até 2014, faleceu no dia de Ano Novo. A informação foi dada pela família por meio de um comunicado em sua página no Facebook.

 “Com grande tristeza, confirmamos que em 1 de janeiro, após uma batalha de um ano contra o câncer, Pegi Young - mãe, avó, irmã, tia, musicista, ativista e co-fundadora da Bridge School - faleceu cercada por seus amigos e familiares na Califórnia. Pedimos privacidade das famílias seja respeitada neste momento ", disse o comunicado.

Ela se casou com Young em 1978 e passou décadas como backing vocal das turnês do músico, antes de lançar cinco discos country - o mais recente deles foi Raw, de 2017.

Pegi Young e Neil Young em 2014 (Foto: Frank Micelotta/Invision/AP)

Na década de 1980, Pegi e Neil Young fundaram a The Bridge School, uma organização sem fins lucrativos que ajuda crianças com problemas físicos e de fala, incluindo paralisia cerebral, depois que o filho Ben nasceu com a doença.

Entre 1986 e 2016, a dupla fez shows beneficentes repletos de artistas na Califórnia, em apoio à The Bridge School; as performances já receberam David Bowie, Bruce Springsteen & Willie Nelson, The Who, Jack White e Arcade Fire.