Ex-namorado de Amy Winehouse nega convite para dirigir cinebiografia

"Eu não acho que poderia fazer, estaria próximo demais a tudo", declarou o diretor Reg Traviss no último domingo, 4

Redação Publicado em 06/12/2011, às 12h38 - Atualizado às 12h54

Reg Traviss
AP

O diretor Reg Traviss, o último namorado de Amy Winehouse, declarou no último domingo, 4, ter recusado o convite para dirigir uma cinebiografia da cantora. As informações são do jornal britânico Sunday Mirror.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Traviss, namorado de Amy nos últimos dois anos de sua vida, declarou que a memória dela estaria muito presente na hora de fazer o filme. "Eu fui convidado mas, honestamente, não acho que poderia fazê-lo", ele disse. "Eu estaria próximo demais a tudo. Quem quer que escreva e dirija o filme, deve exagerar em alguns pontos para torná-lo mais 'hollywoodiano'."

A presença da família também seria algo crucial para manter o longa com a veracidade necessária, afirmou o diretor. "Eles também estaria envolvidos para ter certeza que faria justiça [à Amy]", declarou Traviss. "Mas, no momento, está tudo muito cru."

Traviss deixou claro que ainda não esqueceu Amy. "Sinto que vivo um pesadelo horrível no qual quero acordar, mas não consigo", lamentou o diretor.