Exclusivo: Will.i.am fala como conseguiu juntar Mick Jagger e Jennifer Lopez em seu novo single

Líder do Black Eyed Peas comenta faixa inédita que integra seu novo álbum solo, #willpower

Steve Baltin Publicado em 21/11/2011, às 14h06 - Atualizado às 15h46

Will.i.am
AP

Nada é impossível no mundo de Will.i.am. Para a música "Mona Lisa Smile”, faixa com Nicole Scherzinger que integra seu novo álbum solo, #willpower, o governo francês abriu o museu do Louvre às duas da manhã para que ele pudesse gravar um trecho de guitarra da faixa próximo à real obra Mona Lisa [o autor do texto não deixa claro aqui se foi registrado um trecho do clipe da faixa no Louvre ou se apenas o áudio da guitarra no local].

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

No entanto, existia algo que até ele considerava impossível: ter Mick Jagger em "T.H.E. (The Hardest Ever)", single do disco. E, como Will explicou à Rolling Stone em entrevista exclusiva durante os ensaios para o American Music Awards, a busca pelo impossível foi a razão para ir atrás de Jagger.

“Toquei a faixa para a gravadora e Jimmy Iovine falou: ‘Isso é demais. Então, quem você vai colocar nela?’”, conta. “E eu tipo: ‘O que você está falando? Está finalizada, sou eu.’ E ele: ‘Ah, então não vai ter nenhum convidado?’ Você toca sua música para alguém e a primeira coisa que a pessoa pergunta é sobre quem estará nela. Pensei no que fosse mais difícil de conseguir e veio na cabeça Mick Jagger. Pensei em lançar uma ideia que nunca seria possível de ser realizada para que eles parassem de me perguntar.”

"T.H.E. (The Hardest Ever)" também trouxe Iovine de volta à produção após décadas afastado do oficio. O fundador da Interscope, que já trabalhou com U2, Tom Petty, Stevie Nicks e muitos outros, produziu os vocais de Jagger a pedido de Will. “O Jimmy tava tipo ‘Will.i.am, Mick Jagger e os Rolling Stones são meu Tribe Called Quest, meu De La Soul, meu N.W.A. Eu queria ser o Mick quando era mais novo’”, lembra Will.

Acontece, no entanto, que Jagger e Iovine nunca tinham trabalhado juntos. Will convenceu Iovine a sair da aposentadoria da produção para o trecho de Jagger na canção. “Ele produziu os vocais de Mick, e este foi um dos momentos da minha vida do qual mais me orgulho”, diz Will.i.am. “Ganhar um Grammy é legal, mas ver o cara que te ajudou realizando um sonho é um presente.”

Iovine também contribuiu para a faixa, convocando Jennifer Lopez. “Eu sempre faço colaborações no Black Eyed Peas, mas esta é a primeira vez que eu estabeleço grandes parcerias com importantes nomes em um projeto solo meu”, diz ele. Ouça abaixo "T.H.E. (The Hardest Ever)":