Exclusivo: Gregorio Duvivier comenta atuação no filme Porta dos Fundos – Contrato Vitalício

“Estava completamente cego durante todas as filmagens”, diz o ator, que usou óculos de “fundo de garrafa” para dar vida ao personagem Miguel Ambrósio

Redação Publicado em 24/06/2016, às 12h26 - Atualizado às 12h49

Cena do filme Porta dos Fundos – Contrato Vitalício
Reprodução/Vídeo

O coletivo humorístico Porta dos Fundos vai estrear seu primeiro filme no próximo dia 30 deste mês. Intitulado Porta dos Fundos – Contrato Vitalício, o longa é estrelado por Gregorio Duvivier e Fabio Porchat e narra a história de dois amigos cineastas que decidem fazer um contrato para sempre trabalharem juntos.

“Meu personagem é o Miguel Ambrósio, um diretor de cinema que acredita ter sido abduzido e ficado dez anos no centro da Terra”, conta Duvivier, em vídeo de bastidores (abaixo) revelado com exclusividade pela Rolling Stone Brasil nesta sexta, 24. “Quando ele volta, quer fazer um filme sobre a estadia por lá.”

No enredo, Ambrósio firma um contrato com o amigo dele, Rodrigo Assis (Porchat) – após os dois ganharem um prêmio em um festival de cinema internacional –, em um papel de guardanapo, o que os obriga a trabalharem juntos. A história foi desenvolvida com base na amizade entre Porchat e outro integrante do Porta dos Fundos (e diretor do filme), Ian SBF.

No vídeo de bastidores, Duvivier revela que atuou quase cego durante todas as sessões de filmagem de Contrato Vitalício, por estar usando óculos de “fundo de garrafa”. “Dei essa ideia porque óculos, quando tem um grau significativo, muda o olhar da pessoa”, conta o ator. “O que usei tinha nove graus, sendo que eu não tenho nada de miopia, então estava completamente cego durante todas as filmagens.”

Marcando os quatro anos de existência do canal de vídeo no YouTube, Contrato Vitalício também traz no elenco Antônio Tabet, Gabriel Totoro, João Vicente de Castro, Júlia Rabello, Luis Lobianco, Marcos Veras, Rafael Portugal e That Lopes, além das participações de Marilia Gabriela, Sergio Malandro e Leo Aquila. O roteiro é assinado por Porchat e Gabriel Esteves.

Assista ao vídeo (e, em seguida, ao trailer) do filme abaixo.