Pulse

Exclusivo: ouça “Sugar Mama”, blues inédito gravado pelo Led Zeppelin em 1968

Canção foi gravada em 1968, em performance no Estádio Olímpico de Londres, com a intenção de que fizesse parte do álbum de estreia do grupo

Redação Publicado em 08/06/2015, às 14h18 - Atualizado às 14h33

Banda Led Zeppelin
Reprodução / Facebook

O Led Zeppelin abrirá os cofres pela última vez no mês de julho, quando serão lançadas as versões remasterizadas dos três últimos álbuns do grupo inglês. Foi divulgada nesta segunda-feira, 8, com exclusividade no site da Rolling Stone Brasil, a interessante canção “Sugar Mama”, blues que conta com os poderosos vocais de Robert Plant, enquanto Jimmy Page explora os efeitos de slide da guitarra.

Jimmy Page sobre o duo Royal Blood: “É música de tremenda qualidade”.

A faixa foi gravada em 1968, em performance no Estádio Olímpico de Londres, com a intenção de que fizesse parte do autointitulado álbum de estreia do grupo. A canção, no entanto, permaneceu "esquecida" até agora. Em breve, ela integrará – como faixa bônus - o relançamento de Coda, que chegou às lojas originalmente em 1982. A versão remasterizada do registro estará disponível para compra em 31 de julho.

Capas de discos do Led Zeppelin inspiram coleção de Paul Smith; veja.

Diferentemente dos outros relançamentos, Coda é uma reunião de materiais não aproveitados pelo Led Zeppelin ao longo da carreira. A nova edição, portanto, terá com performances ao vivo da banda entre os anos de 1968 e 1974. O registro contará com as faixas "Baby Come Home", em versão ao vivo, e "St. Tristan's Sword”, uma música instrumental gravada por Plant e Page quando os músicos retornaram de uma viagem à Índia.

Exclusivo: Led Zeppelin revela versão “sombria” de “Stairway to Heaven”, que estará em relançamento de luxo; ouça.

A versão de luxo de Coda chegará às lojas no mesmo dia em que os novos Presence (1976) e In Through the Out Door (1979). Assim como os recentes relançamentos do Led Zeppelin, os discos contarão com diversos formatos. Além de um CD duplo, estará disponível o registro em vinil (também duplo). Como se não bastasse, haverá uma versão de luxo com três discos (em CD e vinil), que acompanha um volume contendo sete canções inéditas.

Ouça “Sugar Mama” abaixo:

Veja as faixas de cada uma das três reedições finais:

Presence (Companion Audio):

1. "Two Ones Are Won" ("Achilles Last Stand" – Reference Mix)

2. "For Your Life" (Reference Mix)

3. "10 Ribs & All/Carrot Pod Pod (Pod)" (Reference Mix)

4. "Royal Orleans" (Reference Mix)

5. "Hots On for Nowhere" (Reference Mix)

In Through the Out Door (Companion Audio):

1. "In the Evening" (Rough Mix)

2. "Southbound Piano" ("South Bound Saurez" - Rough Mix)

3. "Fool in the Rain" (Rough Mix)

4. "Hot Dog" (Rough Mix)

5. "The Epic" ("Carouselambra" - Rough Mix)

6. "The Hook" ("All My Love" - Rough Mix)

7. "Blot" ("I'm Gonna Crawl" - Rough Mix)

Coda (Companion Audio):

Disco um

1. "We're Gonna Groove" (Alternate Mix)

2. "If It Keeps On Raining" ("When the Levee Breaks" - Rough Mix)

3. "Bonzo's Montreux" (Mix Construction In Progress)

4. "Baby Come On Home"

5. "Sugar Mama" (Mix)

6. "Poor Tom" (Instrumental Mix)

7. "Travelling Riverside Blues" (BBC Session)

8. "Hey, Hey, What Can I Do"

Disco dois

1. "Four Hands" ("Four Sticks" - Bombay Orchestra)

2. "Friends" (Bombay Orchestra)

3. "St. Tristan's Sword" (Rough Mix)

4. "Desire" (The Wanton Song - Rough Mix)

5. "Bring It on Home" (Rough Mix)

6. "Walter's Walk" (Rough Mix)

7. "Everybody Makes It Through" ("In the Light" - Rough Mix)