Exclusivo: por dentro do projeto que levou Gisele Bündchen às lágrimas no Rock in Rio

“Ela acredita bastante nessa história que estamos colocando no mundo e acrescenta muitas coisas legais, dá ideias, sugere conteúdo, é uma pessoa superantenada”, diz um dos idealizadores da iniciativa

Redação Publicado em 15/09/2017, às 21h05 - Atualizado em 16/09/2017, às 23h36

Ivete Sangalo e Gisele Bündchen no Rock in Rio 2017
Mauricio Porão/Estácio/Divulgação

Gisele Bündchen não conseguiu conter as lágrimas quando subiu ao palco Mundo do Rock in Rio na noite desta sexta, 15, para dar à luz um projeto pelo qual está completamente apaixonada e, curiosamente, está sendo gestado há 9 meses. A modelo participou da abertura oficial do evento ao lado da cantora Ivete Sangalo e as duas fizeram uma versão emocionada de “Imagine”, de John Lennon, para anunciar o lançamento do movimento Believe.Earth, site que reúne “histórias positivas” para dar esperança de um futuro melhor. “Os sonhos são mais fortes quando sonhamos juntos”, disse Gisele ao apresentar a iniciativa global. “Sonho com um mundo de paz, amor, respeito e liberdade.” Entre os temas, além das questões ecológicas, pelas quais a modelo sempre batalhou, há a educação de meninas, desperdício de alimentos e ciclo ativismo, entre outros.

Gisele estampou a primeira capa da RS Brasil

“Uma revolução do bem está acontecendo no mundo”, define Marcos Nisti, um dos idealizadores do Believe.Earth, que falou com exclusivamente à Rolling Stone Brasil na tarde desta sexta, 15, antes do anúncio. “O mundo precisa de histórias inspiradoras. A ideia é produzir conteúdo e mostrar essas histórias com vídeo, texto e foto. Hoje lançamos o portal www.believe.earth que já tem 55 notícias inéditas, feitas por jornalistas gabaritados do mundo todo, sobre pessoas e instituições que estão transformando. O objetivo é produzir até 100 até o fim do ano”, revela. “A juventude está depressiva, precisando de perspectiva de futuro, assim a gente está só sobrevivendo.”

Uma curiosidade é que essas histórias estão todas disponíveis como creative commons, qualquer veículo pode replicá-las à vontade. “É uma contrapartida à enxurrada de más notícias que lemos todos os dias, para dar um pouco de esperança. Antigamente a ficção científica mostrava o futuro cheio de tecnologias inovadoras divertidas. A ficção futurista de hoje é Mad Max, é O Dia Depois de Amanhã”, analisa Nisti, que é dono de uma produtora e começou a organizar o projeto a partir do conceito de um “filme futurista positivo” que tinha em mente.

“Sonhamos muito com o Rock in Rio”, diz ele sobre ter “estreado” o projeto no festival. “Eu já era fã do [criador da marca] Roberto Medina e a sintonia do Believe e do Rock in Rio é bem parecida. Almocei com o Medina e ele se emocionou com a iniciativa. Ele ofereceu a abertura para a gente independente da Gisele, que não sabia se teria agenda.” Sobre o papel da modelo na construção de tudo, Nisti ri que ela “tocou o terror na gente”. “Ela acredita bastante nessa história que estamos colocando no mundo e acrescenta muitas coisas legais, dá ideias, sugere conteúdo, é uma pessoa super antenada.”

O Believe.Earth foi idealizado por Gisele Bündchen, Ana Lucia Villela, Marcos Nisti, Estela Renner, Pedro Paulo Diniz e Marcelo Furtado.

Acompanhe a cobertura do Rock in Rio pelas nossas redes sociais: Estamos no Twitter (@rollingstonebr), Facebook (/rollingstonebrasil) e no Instagram (@rollingstonebrasil), com fotos e stories dos melhores momentos dos shows.