Exposição em São Paulo mostra obra do multiartista brasileiro Mário Lago

Acervo estará no Mube entre os dias 26 de fevereiro e 22 de março

Redação Publicado em 22/02/2015, às 11h00

Mário Lago - Exposição
Divulgação

Ator, autor, compositor e militante político, o carioca Mário Lago terá toda a complexidade do trabalho por ele realizado exposta a partir de 26 de fevereiro, no Mube (Museu Brasileiro da Escultura), em São Paulo.

Ilustrações sobre Breaking Bad vão parar em galeria de arte de Londres..

A mostra reunirá registros audiovisuais da obra de Lago no cinema e na televisão. O ex-companheiro de dramaturgia, Lima Duarte, presta depoimento falando a respeito da parceria com o amigo.

Roberto Carlos marca presença cantando “Ai, que Saudades da Amélia”, o grande sucesso da carreira do multiartista, eternizado no verso, “Amélia não tinha a menor vaidade, Amélia é que era mulher de verdade”.

Chico Buarque faz participação inesperada em show no Rio de Janeiro..

Textos inéditos e novas versões também poderão ser ouvidas pelos visitantes. Dez poemas de Lago foram musicados por artistas contemporâneos: como “Meu Rio, Meu Vício”, por Braguinha, “Três Coisas”, por Lenine, “Minha Vida Foi Isso o Tempo Todo", por Arnaldo Antunes, “Tudo Como Antigamente”, por Roberto Frejat e “Entre o Futuro e o Passado”, por Mario Lago Filho, Acyr Marques e Arlindo Cruz.

“O conteúdo proposto no Mube é sedutor tanto para os jovens que irão conhecer a obra multimídia do artista, quanto para aqueles que acompanharam sua importante história deste titã da arte brasileira”, diz a coordenadora geral evento, Mariana Marinho.

Mário Lago morreu aos 90 anos, em 2002, no Rio de Janeiro, de enfisema pulmonar.

Exposição Eu Lago Sou – Mario Lago um Homem do Século XX – Memória em Movimento - Mube

De 26/02/15 a 22/03/15

Horário: de terça-feira a domingo , das 10h às 19 h

Local: MuBE – Museu Brasileiro da Escultura, Avenida Europa, 218 - São Paulo

Entrada: Gratuita