Pulse

Game of Thrones: fã cria nova versão da última temporada e viraliza

O escritor Daniel Whidden, insatisfeito com o fechamento da série, resolveu fazer final alternativo que agradou - e muito - os fãs

Redação Publicado em 20/08/2019, às 19h58

None
Kit Harington e Emilia Clarke em cena de Game of Thrones (Foto: Reprodução / HBO)

O final da 8ª temporada de Game of Thrones não agradou muito os seguidores da série.  O roteiro apressado nas últimas cenas, com imagens rápidas e com pouco tempo de digestão dos acontecimentos, gerou várias críticas, e os últimos capítulos da série deixaram muitas pessoas desanimadas.

E foi por esse motivo que Daniel Whidden - fã de GOT e escritor - colocou a criatividade para funcionar. Whidden inventou o seu próprio final para a série e divulgou tudo em seu canal no Youtube, o ThinkStory. O escritor já trabalhou com televisão e filmes e fez apenas 6 episódios para a última temporada da série, e em pouco tempo esses viraram sucesso na internet. 

Como reescrever Game of Thrones não é uma tarefa nada fácil, Whidden estabeleceu estratégias para que o trabalho pudesse ser bem feito: e conseguiu. A Rolling Stone separou algumas das principais mudanças no final alternativo proposto pelo escritor.  Confira:

1- Whidden começou as mudanças pelo plano de batalha, partindo do 3º episódio da season finale, quando acontece a Batalha de Winterfell. Primeiramente, para o escritor, não seriam colocadas pessoas vulneráveis na cripta com a chegada do Rei Místico. Ao invés disso, elas ficariam seguras no salão principal de Winterfell, agindo quando os zumbis tentassem entrar.

O fã também colocou no episódio como seria impactante se Tyron e Sansa criassem coragem para lutar pelas pessoas se estas fossem forçadas nas criptas mesmo com o avanço dos zumbis liderados pelo Rei Místico. 

2- Outro ponto que Whidden mudou foi o duelo de Jon Snow. O fato de Jon lutar no chão seria interessante se fosse consequência de uma ânsia do personagem em ajudar os combatentes na batalha. 

3- No novo final proposto, Jon e o dragão Rhaegal desceriam dos céus para ajudar. Além disso, Whidden descreveu uma cena em que Jon sairia do dragão, dando tempo para ver o Rei da Noite matando Greyjoy. Desta forma, começaria o duelo épico entre herói e vilão. 

4- O final dos dragões também foi modificado pelo escritor, que roteirizou a morte de Rhaegal pelos zumbis que não conseguiram matar o Rei da Noite. Enquanto isso, Viserion tentaria ser controlado por Bran, acabando na morte do dragão e no descontrole do Stark, o que o prende eternamente no estado warg.

5- Após a vitória do Rei da Noite e do Exército dos Mortos, Whidden modificou a fuga de Jon Snow, Daenerys e dos outros sobreviventes. Eles teriam que ir até Porto Real, aguardados por Cersei, que deixaria os fugitivos entrarem com a condição de Dany ajoelhar diante de seus súditos.

6- Mais tarde, na versão do escritor, os vilões entrariam em Porto Real, onde fariam uma batalha inesquecível entre vivos e zumbis. Uma esperança final surgiria quando Bran acordasse de seu transe. 

7- Após voltar ao normal, Bran faria a revelação de que a única maneira de matar o Rei da Noite seria queimando a árvore em que ele foi criado. Nessa parte, a ideia de Whidden foi inserir um elemento pouco explorado na série, mas que estava muito presente no livro: o Olho de Deus. Esse seria o centro de uma ilha encontrada no lago de Westeros, lugar também onde estaria a árvore que, se destruída, acabaria com a magia de Westeros e poderia matar Jon. 

Em uma batalha final épica entre Daenerys e o Rei da Noite, Whidden roteirizou uma cena  em que Drogon lança fogo na árvore, derrete o Rei da Noite e atinge Daenerys enquanto Targaryen empalaria uma espada de aço valiriano no vilão. Os zumbis acabariam caindo, Dany sobreviveria e voltaria para Porto Real.

Uma decisão trágica, pois Dany estaria grávida de Jon e para salvar a todos, teria que matar o pai de seu filho. 

8- O escritor escreveu sobre o final dos outros personagens, mas não dá grandes detalhes. Entre alguns finais inventados por Whidden, os zumbis matariam Euron Greyjoy e Daenerys tomaria o Trono de Ferro. 

9- Finalmente, em um epílogo nostálgico, após 5 anos das batalhas, Whidden descreveu Sansa como Senhora de Winterfell, e o lobo de Jon acompanharia Danerys e seu filho com Jon, que teria o nome mesmo do pai.

O trabalho criativo de Whidden é impressionante, mas representa apenas uma das mais diversas versões pensadas pelos fãs. Porém, para quem acompanhou quase uma década de série, vale tudo para deixá-la um pouquinho mais agradável. 

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos