Pulse

Fã do Kiss recebeu reembolso por reclamar do uso de playback de Paul Stanley, diz radialista

A banda vem sendo constantemente questionada sobre o uso de playback em seus shows nos últimos anos

Redação Publicado em 07/05/2019, às 11h56

None
Paul Stanley (Foto: Richard Shotwell / Invision / AP)

De acordo com Eddie Trunk, da rádio SiriusXM, um fã do Kiss conseguiu o reembolso do ingresso de um show depois de acusar o vocalista e guitarrista Paul Stanley de usar playback.

O apresentador levantou a questão após um ouvinte do programa ter enviado uma mensagem pedindo para que Trunk descobrisse quantos fãs já pediram reembolso de shows ruins de bandas de rock.

Na sequência, um ouvinte citou o Kiss, que está em sua turnê de despedida, End Of The Road, afirmando "ficaria muito aborrecido se pagasse muito caro em por um ingresso e se deparar com coisas já disponibilizadas na internet".

Trunk comentou o fato e disse que casos envolvendo o Kiss estão comprovadas em vídeos no YouTube. "Paul está fazendo lipsync. Basta entrar no Google ou no YouTube, que há milhões de exemplos. Eles chegam a retirar esses vídeos porque são incriminadores, mas isso já foi comprovado diversas vezes na internet".

Em seguida, o radialista contou o relato de um fã que conheceu recentemente. "Sei de um cara que comprou quatro ingressos do Kiss, em Boston. Ele nunca viu a banda ao vivo. Antes de ir, conferiu os vídeos no YouTube e percebeu que não teria uma performance ao vivo e pediu a Ticketmaster, responsável pelos ingressos, um reembolso. 'eu paguei por um show ao vivo, isso não é 100% ao vivo, quero meu dinheiro de volta'. Um dia depois, a Ticketmaster o reembolsou. Isso é interessante. Essa pessoa me contou por e-mail e não é só um fã querendo lucrar, é um cara que trabalha nos negócios da música também", afirmou.

A questão do playback no Kiss não é algo novo. O grupo vem sido constantemente acusado de fazer menos apresentações que no passado. Em defesa do grupo, o ex-vocalista do Skid Row, Sebastian Bach, disse que a banda não está fingindo. "O Kiss não faz lipsync. Paul definitivamente está cantando ao vivo", enfatizou Bach.

+++ Cheia de amor, Cynthia Luz se posiciona como dona da voz (rouca) em ascensão do pop e R&B nacional