Fã dos Beatles tatua 'Helter Skelter' com cinzas de Charles Manson

Patrick Boos quis homenagear o assassino em série e líder de seita

Redação Publicado em 12/11/2020, às 09h23

None
The Beatles (Foto: Getty Images / Equipe)

Diversos fãs já fizeram as maiores loucuras para os respectivos ídolos. No entanto, um homem chamado Patrick Boos conseguiu superar a maluquice, porque ele tatuou "Helter Skelter", canção dos Beatles, na testa e com as cinzas de Charles Manson, líder da seita "A Família" e assassino em série. A informação é do Observatório de Música.

Manson faleceu aos 83 anos em novembro de 2017. Ele teria falecido de causas naturais, o que não foi confirmado pelas autoridades. O assassino em série - junto com outros quatro discípulos - foi condenado a prisão perpétua por convencer jovens seguidores a assassinar brutalmente, pelo menos, sete pessoas (uma delas foi a atriz Sharon Tate).

+++LEIA MAIS: Como os Rolling Stones queriam ganhar R$ 68 milhões com o suicídio de L'Wren Scott, namorada de Mick Jagger?

Ryan Almighty, responsável por tatuar o homem, falou que Boos queria fazer uma homenagem, dita por ele como oportunidade única, a Charles Manson. "Helter Skelter" foi lançada em 1968 e escrita por Paul McCartney. De acordo com o site, o criminoso interpretou a letra como chamado para uma guerra racial.


+++ MANU GAVASSI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes