Família de Amy Winehouse se reunirá no clube de jazz preferido da cantora

Mitch, o pai, Janis, a mãe, e Alex, o irmão, estarão no Jazz After Dark depois de passarem pela casa onde a estrela foi encontrada morta há um ano

Redação Publicado em 23/07/2012, às 11h37 - Atualizado às 11h47

Casa de Amy Winehouse servirá de sede para instituição beneficente
AP

No dia em que se completa um ano de morte de Amy Winehouse, a família da cantora afirmou que irá se reunir em um dos clubes de jazz londrinos preferidos da cantora. Ao jornal The Sun, Mitch Winehouse, o pai da estrela, afirmou: “Vamos à casa de Amy às 20h fazer nossas rezas judaicas e então vamos direto para o Jazz After Dark”.

Relembre a matéria de capa publicada pela Rolling Stone Brasil após a morte de Amy.

O site do local que Amy frequentava inclusive destaca uma apresentação intimista que a cantora fez por lá em janeiro de 2008. O local fica a pouco mais de 5 km da casa da cantora, no Camden Square, onde ela foi encontrada morta no dia 23 de julho de 2011.

A família divulgou também um comunicado reproduzido pelo The Sun. “Enquanto o mundo se lembra de uma artista abençoada que nos foi tirada de forma ridícula, estaremos lembrando de uma pessoa que se doou muito e em troca recebeu bastante, de uma família que ainda tenta se recompor do fato que onde eram para ser quatro, estão apenas três”, em referência ao pai Mitch, a mãe Janis e o irmão Alex.

Cantoras brasileiras falam sobre as características de Amy que mais fazem falta.

Eles também agradeceram os fãs pela simpatia e apoio durante todo este ano e desejaram “estar aptos a contribuir para que o nome de Amy tenha um legado positivo”.