Família de menino com nanismo que queria se matar doará dinheiro arrecadado para a caridade

Quaden Bayles, de 9 anos, foi filmado pela mãe após sofrer bullying

Redação Publicado em 27/02/2020, às 19h19

None
Quaden Bayles (Foto: Reprodução/Facebook)

O vídeo de uma criança australiana com nanismo dizendo que queria se matar viralizou nas redes sociais nos últimos dias. A filmagem comovente do jovem Quaden Bayles, feita pela mãe dele, chamou a atenção do ator Brad Williams, cuja atitude foi criar uma vaquinha online para o menino ir com a família para a Disney. Depois de arrecadarem mais de R$ 2 milhões, os parentes do menino anunciaram a doação do dinheiro para a caridade.

+++LEIA MAIS: Hugh Jackman manda vídeo carinhoso a menino de 9 anos que queria se matar após sofrer bullying: 'Amigo, estou aqui!'

Em entrevista na última quarta, 26, a tia de Quaden, Mundanara Bayles, falou sobre a decisão da família: “Qual criança não gostaria de ir à Disney, especialmente se você teve a vida do Quaden? Viajar para qualquer lugar divertido o faria esquecer de seus desafios diários. No entanto, minha irmã falou, ‘vamos focar no problema real’".

Bayles continuou: "Esse jovem tem sido alvo de bullying. Quantos suicídios na nossa sociedade não são decorrentes de bullying? Queremos que esse dinheiro vá para organizações que realmente precisem”.

+++LEIA MAIS: Sexismo, abuso e cyberbullying: A Netflix não cansa de errar nos filmes adolescentes [ANÁLISE]

Segundo a Revista Forum, a tia de Quaden revelou o destino no dinheiro: a organização Dwarfism Awareness Australia, responsável por auxiliar para pessoas com nanismo, e a Balunu Healing Foundation, que oferece apoio a jovens aborígenes australianos vivendo em situações precárias.

No vídeo, gravado e publicado no Facebook após Quaden Bayles sofrer bullying, o garoto de 9 anos diz, chorando, que deseja se matar: "Só quero me esfaquear no coração. Quero que alguém me mate. Me dá uma corda, vou me matar". Após a publicação, Brad Williams, ator e comediante norte-americano com nanismo, se sensibilizou e começou campanha para a viagem de Quaden à Disney.

+++LEIA MAIS: BTS protagoniza vídeo de campanha global contra bullying

A criança tem acondroplasia, o tipo mais comum de nanismo, e a família dele é de origem aborígene. Yarraka Bayles, mãe do menino publicou a filmagem para conscientizar as pessoas sobre as consequências do bullying.


+++ TITÃS CELEBRA O ACÚSTICO, MAS SE MANTÉM ELÉTRICO - E É ATRAÇÃO DA MUSIC & RUN