Fãs podem licenciar e lançar disco de Frank Zappa por conta própria

Pagando taxa de US$ 1 mil, qualquer um pode receber uma gravação master; verba será usada para terminar filme-show do guitarrista

Rolling Stone EUA Publicado em 19/12/2012, às 11h41 - Atualizado às 12h14

GURU DA VANGUARDA A complexa e ousada música de Frank Zappa nunca envelhece
Divulgação

Foi anunciada uma oportunidade única para fãs de Frank Zappa procurando uma raridade do rock and roll: até o dia 28 de dezembro, o público pode licenciar uma cópia de Roxy by Proxy, uma coleção de 76 minutos de material inédito, gravações masters de Zappa em shows de 1973 no Roxy, em Los Angeles.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Por uma taxa de licenciamento de US$ 1 mil, os fãs podem se tornar proprietários de uma cópia da master, tendo o direito de fazer mais cópias e vender pelo preço que quiserem. Desse dinheiro, US$ 1,20 por CD será pago como royalty para a Zappa Records.

Além da cópia da master – que conta com Zappa e o Mothers of Invention apresentado favoritas como "Inca Roads", "Penguin in Bondage" e "King Kong" – os fãs receberão anotações e arte de capa que poderão reproduzir.

O lucro do projeto Roxy by Proxy será usado para completar The Roxy Performances, um filme-show nunca terminado que foi lançado parcialmente no disco ao vivo de Zappa Roxy and Elsewhere (1974).