Fãs do 30 Seconds to Mars se unem para trazer a banda ao país

Com o mesmo sistema de cotas usado para realizar shows de Miike Snow, Belle & Sebastian e Vampire Weekend no Brasil, público tenta promover apresentações do trio em São Paulo e no Rio de Janeiro

Da redação Publicado em 10/01/2011, às 18h21

30 Seconds to Mars no Brasil? Só se todas as cotas forem vendidas
AP

Da mesma forma como aconteceu com Miike Snow, Belle & Sebastian e Vampire Weekend, o 30 Seconds to Mars pode ser a próxima atração internacional a realizar uma apresentação no Brasil com a colaboração do público. Os fãs da banda entraram para o movimento da venda de cotas reembolsáveis que ajudam a trazer artistas de fora para cá.

Neste caso, funciona assim: para levantar os R$ 60 mil que são necessários para completar o cachê do trio e garantir que ele desembarque por aqui, esse custo foi dividido em 300 unidades, cada uma de R$ 200 mais taxas. Os fãs da banda compram essas cotas e, automaticamente, ganham um ingresso de pista premium (em São Paulo ou no Rio, fica a critério da pessoa) para assistir a um dos dois eventuais shows de Jated Leto e companhia no Brasil. Caso todas essas cotas sejam compradas, as apresentações acontecerão nas duas cidades. Caso a meta não seja alcançada, todos aqueles que obtiveram cotas recebem o dinheiro de volta, integralmente.

Embora conste no site por meio do qual é feita a campanha (clique aqui para acessar) que o prazo para a aquisição das unidades venceu no dia 31/12, a assessoria de imprensa do projeto informou em primeira mão ao site da Rolling Stone Brasil que ele foi estendido até 5 de fevereiro. De acordo com comunicado, o projeto conta com a participação da produtora de shows de São Paulo Lua Nova.

O 30 Seconds to Mars, que existe desde 1998, tem viajado o mundo para divulgar o disco This is War, de 2009. O grupo tem mais dois álbuns de estúdio lançados, além desse: 30 Seconds to Mars (2002) e A Beautiful Lie (2005).