Fãs vaiam e chamam Madonna de “vagabunda” em show em Paris

Público ficou irritado com a cantora por fazer apresentação de apenas 45 minutos

Rolling Stone EUA Publicado em 27/07/2012, às 13h18 - Atualizado em 08/08/2012, às 13h16

Ela aproveitou o show para fazer um discurso de paz e cutucar Lady Gaga
AP

Os fãs vaiaram Madonna após um show de apenas 45 minutos em Paris, na quinta-feira, 26, de acordo com o Hollywood Reporter. Passando pela clássica casa de shows Olympia com a turnê MDNA, Madonna iniciou a apresentação por volta de 22h15, e terminou às 23h. Os fãs permaneceram em seus lugares e vaiaram a rainha do pop, chamando-a de “salope”, que em francês significa “vagabunda”.

Entrevista RS: Madonna reflete sobre três décadas de provocações, escândalos e sucessos.

O show foi adicionado à turnê na semana passada e teve os ingressos esgotados em poucas horas. Muitos dos presentes eram fãs devotos de Madonna, e conseguiram os ingressos pelo fã-clube da cantora, antes das vendas para o público em geral terem sido abertas. Os preços variavam de 80 a 280 euros (entre R$ 200 e R$ 700) e centenas de pessoas acamparam do dado de fora do Olympia. Muitos dos espectadores (o lugar tem capacidade para 2700 pessoas) se reuniram em frente ao local depois do show, exigindo seu dinheiro de volta.

Veja o vídeo dos fãs revoltados jogando copos no palco:

A apresentação foi transmitida pela internet, e como a turnê ainda tem diversas datas pelo mundo (inclusive no Brasil, em dezembro), isso pode ter sido um dos motivos para ter sido mais curta. Veja abaixo:

Madonna foi criticada por usar imagens nazistas na excursão, e defendeu o uso de uma suástica depois que a Frente Nacional francesa, da extrema direita, ameaçou a cantora de processo. Em um vídeo exibido durante a música “Nobody Knows Me”, o símbolo é sobreposto a uma imagem de Marine Le Pen, líder do partido. “Não é minha intenção fazer inimigos”, disse a cantora. “Minha intenção é promover a tolerância.”