Festival Coachella 2020 é cancelado e voltará com público reduzido

A organização do evento planeja a volta para abril de 2021

Redação Publicado em 10/06/2020, às 09h25

None
Filme Coachella - 20 Years In The Desert (foto: reprodução)

O Coachella 2020 está oficialmente cancelado. O festival de música no deserto da Califórnia foi um dos maiores eventos de música a serem adiados devido à pandemia de coronavírus. 

Tradicionalmente realizado em abril, o festival havia sido adiado para outubro de 2020. Nos meses seguintes, com o desenvolvimento da pandemia, ficou claro que o evento não aconteceria também na segunda data e seria remarcado para 2021. 

+++LEIA MAIS: Festival Coachella compartilha filmagens raras do White Stripes na edição de 2003; assista

As notícias fazem parte de uma história maior sobre a organizadora do Coachella, Anschutz Entertainment Group (AGE), que instituiu cortes massivos de funcionários, incluindo demitir 15% da força de trabalho, conceder mais de 100 empregados em várias divisões e instituir cortes de remuneração de 20 a 50%.

"Todos os funcionários em todo o mundo serão impactados de uma forma ou de outra", afirmou o CEO da AEG Dan Beckerman em um e-mail aos funcionários nesta segunda-feira (8). "É uma decisão angustiante, mas, infelizmente, necessária." A AEG espera trazer de volta os funcionários cobertos, depois de instituir um cronograma para reativar a empresa de concertos ao vivo.

+++ LEIA MAIS: Clássico do My Chemical Romance é forma perfeita de prevenir Coronavírus; entenda

"O mundo está se reabrindo lentamente e nossa indústria será reaberta mais tarde e mais lentamente que a maioria", escreveu Beckerman. A empresa supostamente espera começar a apresentar shows de capacidade reduzida no último trimestre deste ano ou no primeiro trimestre de 2021.

Quanto ao Coachella, ele pode retornar em formato de capacidade limitada em abril de 2021, ou a AEG pode esperar uma experiência completa do festival em outubro de 2021.

+++LEIA MAIS: OMS volta atrás após confusão: assintomáticos podem, sim, transmitir o novo coronavírus

Já que cerca de 40% dos compradores de ingressos já pediram reembolso e, embora os executivos da AEG acreditem que provavelmente será decidido por fazer um Coachella com capacidade de 60% em abril, eles estão esperando para puxar o gatilho até saberem mais sobre a trajetória do coronavírus.

Ainda não se sabe se a programação será parecida com a planejada para este ano, com as atrações principais Rage Against the Machine, Travis Scott e Frank OceanAs notícias do cancelamento do Coachella 2020 chegam no mesmo dia em que o Lollapalooza Chicago finalmente anunciou que a edição de 2020 também não acontecerá.


+++ DELACRUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO