Festival do Rio 2012: “Foi um pequeno presente dos céus poder participar deste projeto”, diz Kylie Minogue sobre Holy Motors

A cantora e atriz garante, contudo, que não tem planos de trocar a música pelo cinema

Paulo Gadioli, do Rio de Janeiro Publicado em 02/10/2012, às 17h29 - Atualizado às 17h43

Kylie Minogue
Reprodução

Sensação no Festival de Cannes, Holy Motors traz uma combinação inusitada. Por intermédio da francesa Claire Denis, o diretor Leos Carax e a popstar Kylie Minogue (foto) cruzaram caminhos e o resultado pode ser visto no filme, que terá sessão de gala nesta terça, 2, no Cine Odeon, às 19h15.

“Conheci Leos pouco tempo antes das filmagens e foi um pequeno presente dos céus poder participar deste projeto”, diz Kylie. “Foi uma chance de pisar fora da minha zona de conforto e entrar neste mundo criado por ele. Na verdade, foi difícil pensar em alguma razão para não aceitar o papel”, conta a simpática cantora australiana.

Para Carax, ignorante sobre o trabalho de Kylie até então, o processo de escolha foi simples. “Não nos conhecíamos, mas logo que a vi pela primeira vez percebi que havia algo puro. Ela praticamente se tornou o personagem ao somente trocar de roupa e maquiagem, por isso nem tivemos que conversar muito”, conta.

O enigmático longa francês mostra o dia de um homem com muitas vidas diferentes. É difícil fugir de uma definição abstrata, pois trata-se de uma obra complicada de se definir. “Apenas tentei criar um mundo de ficção-científica e mostrar como é estar vivo dentro deste universo. Um filme abstrato sobre o condicionamento humano”, afirma Carax.

A complexidade do roteiro surpreendeu Kylie. “No começo não sabia nem quem era minha personagem”, diz, aos risos. “Meu primeiro pensamento foi sobre as diferentes faces que somos forçados a apresentar ao longo do dia ou em pontos diversos da vida, e acho que ter assistido ao filme só levanta ainda mais questões”, reflete.

Ao ver o longa pela primeira vez, na première em Cannes, a cantora diz que ficou muito apreensiva. “Torcia para não desapontar Leos, foi uma noite surreal e maravilhosa. Na época da gravação, estive em Paris apenas para minhas cenas, então não tinha certeza como as outras cenas e personagens estavam”, relembra.

Embora admita ter sido bom voltar ao set de filmagens, Kylie tranquiliza os fãs e diz que não irá abandonar a música tão cedo. “Não penso em me focar apenas na carreira de atriz. Tenho um álbum novo prestes a sair e tenho certeza que algumas pessoas aqui me matariam caso eu nunca mais lançasse nada”, brinca a popstar.

Além de ter participado de Holy Motors, Kylie Minogue faz ainda uma breve aparição em outro longa em exibição no festival, Jack and Diane. Veja os horários:

Holy Motors

Terça - 02/10/2012 - Odeon Petrobras - 19h15

Sábado - 06/10/2012 - Est Sesc Botafogo 1 - 12h

Sábado - 06/10/2012 - Est Sesc Botafogo 1 - 17h50

Segunda - 08/10/2012 - São Luiz 3 - 16h30

Segunda - 08/10/2012 - São Luiz 3 - 21h30

Jack and Diane

Sábado - 06/10/2012 - Est Sesc Rio 2 - 23h45

Segunda - 08/10/2012 - Est Vivo Gávea 1 - 13h20

Segunda - 08/10/2012 - Est Vivo Gávea 1 - 19h30

Quarta - 10/10/2012 - Est Sesc Botafogo 3 - 17h30

Quarta - 10/10/2012 - Est Sesc Botafogo 3 - 23h30