Festival do Rio 2013: Amazônia, mistura de documentário e ficção em 3D, abre o evento

Até o dia 10 de outubro, capital fluminense receberá filmes inéditos e estrelas como Dakota Fanning

Paulo Gadioli, do Rio de Janeiro Publicado em 27/09/2013, às 16h15 - Atualizado em 28/09/2013, às 12h48

Filme Amazônia
Araquém Alcântara/Divulgação

Começou oficialmente nesta quinta, 26, a nova edição do Festival do Rio. A cerimônia de abertura aconteceu nesta quinta-feira, 26, com a exibição do longa em 3D Amazônia (foto), de Thierry Ragobert. Ao longo dos próximos 14 dias, mais de 350 filmes serão exibidos na capital fluminense, distribuídos em 20 cinemas da cidade.

Muitos destes filmes devem figurar na lista de indicados ao Oscar em 2014. O Mordomo da Casa Branca, de Lee Daniels, Gravidade, de Alfonso Cuarón, Nebraska, de Alexander Payne, e Diana, de Oliver Hirschbiegel, são alguns dos nomes que já passaram por festivais ao redor do mundo e chamaram a atenção dos críticos.

Além dos aspirantes à tradicional premiação hollywoodiana, vencedores de outros prestigiados festivais também integram a programação. Sacro Grã, primeiro documentário a receber o cobiçado Leão de Ouro em Veneza, será exibido, assim como a produção franco-italiana Salvo, grande prêmio e troféu revelação na Semana da Crítica do Festival de Cannes 2013, e A Doença do Sono, melhor direção no Festival de Berlim.

A Alemanha, inclusive, é homenageada nesta edição do festival. Contando com uma mostra exclusivamente voltada aos novos talentos da chamada Escola de Berlim e outra dedicada ao cineasta Ulrike Ottinger, o evento tem ainda retrospectiva das obras de Alain Guiraudie, Claire Simon e Paul Schrader.

Este último, roteirista de Taxi Driver e diretor de longas como Gigolô Americano e Marca da Pantera, estará no Festival com seu polêmico The Canyons, estrelado por Lindsay Lohan. Além dele, alguns dos convidados esperados são a atriz Dakota Fanning, pelo thriller ecológico Night Moves, Lee Daniels, diretor de O Mordomo da Casa Branca, e Goldie Hawn, atriz homenageada com exibição de três de seus filmes.

Música e sangue

A programação traz filmes para todos os gostos. A seleção Midnight Movies, por exemplo, conta com uma programação baseada em filmes cult, indo do sanguinolentos Green Inferno, novo longa de Eli Roth, e Por Que Você Não Vai Brincar no Inferno?, de Sion Sono, à nova versão cinematográfica do famoso anime Dragon Ball Z.

Outra mostra que terá seus filmes exibidos à meia noite é Midnight Música. Nela, os brasileiros poderão acompanhar pela primeira vez o bom misto de documentário e ficção presente em Metallica: Through The Never, além de documentários sobre nomes como Martha e Rufus Wrainwright e The National. A opção mais curiosa talvez seja Nossa Querida Freda - A Secretária dos Beatles, filme que apresenta o Fab Four pela ótica da secretária da banda.

O Festival do Rio segue até o dia 10 de outubro. Acompanhe a cobertura completa no site da Rolling Stone Brasil.