Festival Outubro Independente começa nesta sexta, 1º de outubro

Evento com duração de 31 dias trará quase 100 atrações para os mais variados gostos

Da redação Publicado em 01/10/2010, às 13h01

Mombojó é uma das bandas a se apresentar no Outubro Independente
Cia das Fotos

O festival Outubro Independente chega à sua segunda edição em 2010 e tem início nesta sexta, 1º de outubro, com uma festa de abertura gratuita realizada em frente à Galeria Olido, em parceria ao projeto VOODOOHOP.

O filme Pixo, de João Wainer e Roberto T. Oliveira, que será exibido na própria Galeria, dá início à celebração. Entre as atrações, estão a banda alemã Kissogram, o DJ berlinense Shir Khan e os brasileiros Camilo Rocha, Lúcio Ribeiro, André Pomba e Dolores. O festival tem duração de 31 dias, com música, literatura, artes, cinema e debates. Serão quase 100 eventos distribuídos em locais como a Galeria Olido, as ruas do Centro, as bibliotecas Alceu Amoroso Lima, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Rubens Borba de Moraes e o Centro Cultural São Paulo.

"Nosso objetivo é mostrar que, mesmo sem investimentos financeiros vultosos ou contratos com grandes empresas, vários grupos puderam viabilizar seu próprio trabalho desfrutando de certa autonomia. Hoje é possível gravar, mixar, editar e publicar obras, o que possibilita ao artista ter maior controle sobre a sua obra", afirma Karen Cunha, uma das organizadoras do Outubro Independente, por meio de comunicado à imprensa. O Festival Outubro Independente é subsidiado pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

O evento oferece atrações aos mais variados gostos. Entre os artistas da cena musical brasileira, comparecerão as bandas pernambucanas Eddie e Mombojó, no CCJ (Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso), no dia 2, e a consagrada sambista Dona Ivone Lara, que se apresenta no dia 10, também no CCJ. Na maioria dos shows e atrações em geral, as entradas são gratuitas. Veja a programação completa do Outubro Independente 2010 no site oficial do festival.