Filha de Bruce Lee, Shannon Lee, volta a criticar Quentin Tarantino: ‘Cansada de brancos’

Shannon Lee comentou como o pai foi retratado de maneira pouco fiel e desnecessária em Era uma Vez em... Hollywood

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 06/07/2021, às 19h55

None
Quentin Tarantino (Foto: Vianney Le Caer / Invision AP) e cena de Era uma Vez em... Hollywood representando Bruce Lee (Foto: Divulgação)

Após Quentin Tarantino se pronunciar sobre a polêmica envolvendo Bruce Lee pelas cenas em Era Uma Vez em… Hollywood (2019), a filha do ator, Shannon Lee, respondeu o cineasta o criticando: “Cansada de brancos.”

Tudo começou quando a família de Bruce Lee mostrou insatisfação com as cenas de Era Uma Vez em… Hollywood nas quais o ator é zombado pelo dublê Cliff Booth (Brad Pitt) após ser desafiado para um combate. 

+++ LEIA MAIS: Quentin Tarantino rebate críticas sobre cena de Bruce Lee em Era Uma Vez em… Hollywood: 'Chupem um p**'

Em entrevista ao THR, Shannon Lee comentou como o pai foi retratado de maneira pouco fiel e desnecessária. “Embora esteja grata que o Sr. Tarantino reconheceu tão generosamente a Joe Rogan que eu posso ter meus sentimentos sobre sua representação de meu pai, eu também sou grata pela oportunidade de expressar isto: estou cansada pra c*ralho de homens brancos em Hollywood tentando me dizer quem era Bruce Lee," acrescentou ela. 

Além disso, Shannon disse estar exausta de ouvir como o pai não era um lutador de artes marciais, pois, segundo ela, Bruce vivia e respirava artes marciais, ensinando, escrevendo e criando sua própria luta. 

+++ LEIA MAIS: Quentin Tarantino precisou cortar cena favorita de Era Uma Vez em... Hollywood; entenda

Também acrescentou como o pai era norte-americano nascido em São Francisco, na Califórnia, e negou o fato de Bruce Lee não ser bom com dublês ou de ele sair chamando as pessoas para brigar durante filmagens. 

"Sr. Tarantino, você não precisa gostar do Bruce Lee. Realmente não me importo se você gosta dele ou não. Você fez o seu filme e agora, claramente, você está promovendo um livro. Mas pelo interesse de respeitar outras culturas e experiências que você talvez não entenda, encorajaria você a evitar fazer mais comentários sobre Bruce Lee e reconsiderar o impacto de suas palavras em um mundo que não precisa de mais conflitos e menos heróis culturais,” finalizou Shannon.

+++ LEIA MAIS: O que não vai faltar no último filme de Quentin Tarantino? Diretor responde


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL