Pulse

Filha de Carrie Fisher não gostava da Princesa Leia e Star Wars: ‘Era como minha madrasta’

A atriz de 27 anos disse em texto que a popularidade da personagem mantinha a mãe afastada

Redação Publicado em 08/11/2019, às 10h43

None
Carrie Fisher como a General Leia Organa (foto: Reprodução Disney)

Billie Lourd, atriz de 27 anos e filha de Carrie Fisher, confessou em um texto emocionado publicado na revista Time que tinha diversos conflitos com o trabalho da mãe como Princesa Leia em Star Wars durante a infância dela.

“Eu cresci com três pais: uma mãe, um pai e a Princesa Leia”, disse Lourd no artigo. “Eu acho que Leia era tipo minha madrasta - tecnicamente da família, mas no fundo eu não gostava dela… Quando Leia estava por perto, não sobrava muito espaço para minha mãe - para Carrie.”

+++LEIA MAIS: Leia Organa seria a última Jedi de Star Wars, revela irmão de Carrie Fisher

“Quando era criança, eu não conseguia entender porque as pessoas amavam tanto a Leia”, continuou Lourd. "Eu não queria assistir o filme dela, eu não queria me vestir como ela, eu sequer queria falar sobre ela. Eu só queria a minha mãe - que vivia na Terra, não em Tatooine.”

Porém, ao assistir Star Wars pela primeira vez aos 9 anos, passou a entender o motivo de tanta popularidade: “Eu queria odiar o filme para falar a ela [Carrie Fisher] o quão bobo era. Mas, olhando para a tela aquele dia, eu percebi que ninguém é, ou será, tão legal quanto a Princesa F****a Leia (desculpem minha expressão. Ela é simplesmente legal nesse nível!).”

+++LEIA MAIS: Mark Hamill reage ao assistir ao próprio teste de Star Wars: "Pensava que o Han Solo era o protagonista"

Ao ir a Comic-Con com Fisher no mesmo ano que assistiu a franquia Star Wars, Lourd sentiu na pele o amor dos fãs pela Leia: “Era surreal: pessoas de todas as idades e do mundo todo se vestiam como a minha mãe (...) Ver a alegria que trazia a elas quando minha mãe abraçava elas ou jogava glitter nos rostos dela foi algo incrível de se ver.”

Atualmente, a lembrança de Lourd que fica da mãe Carrie Fisher e de Leia é de força e carinho. “Eu percebi que Leia é mais que um personagem. Ela é um sentimento. Ela é força. Ela é graça. Ela é astúcia. Ela é a feminilidade no melhor estado. Ela sabe o que quer, e consegue.”

+++LEIA MAIS: Teoria sobre Star Wars: A Ascensão Skywalker explica como Palpatine sobreviveu à queda do Império

Leia não precisa de ninguém para defendê-la, porque ela se defende sozinha. E ninguém poderia ter interpretado ela como a minha mãe. A Princesa Leia é Carrie Fisher.Carrie Fisher é a Princesa Leia. As duas caminham juntas.”