Filme brasileiro Paraísos Artificiais tem estreia cancelada em salas francesas

Exibição em site fez com que doze salas desistissem de exibir o longa de Marcos Prado

Redação Publicado em 01/11/2012, às 11h40 - Atualizado às 12h16

Paraísos Artificiais
Divulgação

O filme brasileiro Paraísos Artificiais iria entrar em cartaz em 15 salas de cinema na França nesta quarta, 31, mas 12 delas preferiram cancelar a exibição devido à transmissão do longa no site Dailymotion na segunda, 29, segundo informou a agência AFP.

Entrevista: elenco fala sobre Paraísos Artificiais, que, em meio a festivais de música eletrônica, retrata juventude regada a experimentações, sexo e drogas sintéticas.

“Nós quebramos a cronologia da mídia, então ela nos matou”, disse Yohann Cornu, diretor da distribuidora francesa Damned, responsável por negociar o filme. A exibição na internet aconteceu porque o Dailymotion tem parceria com o selo Eye on Film, do qual Paraísos Artificiais faz parte, para testar as produções independentes previamente.

O filme de Marcos Prado protagonizado por Nathalia Dill, Luca Bianchi e Lívia de Bueno já foi antes exibido nos cinemas brasileiros. Giuseppe de Martino, secretário-geral do Dailymotion, afirmou que os diferentes segmentos precisam se entender. “Queremos estender a mão, mostrar que estamos aqui para ficar e que devemos começar a compreender como podemos trabalhar juntos.”

“A partir do momento em que este filme é exibido em outro lugar que não no cinema, a sala não é mais exclusiva. Tais iniciativas podem ser vistas como um enfraquecimento da posição das salas de cinema”, explicou Olivier Sebbag, CEO da Federação Nacional de Cinemas na França. Agora, aqueles que por lá quiserem ver o longa na telona, terão que ir em um dos três locais que mantiveram a estreia: uma sala em Paris, outra em Grenoble e a última em Clermont-Ferrand.