Filme de Arrested Development vai levar pelo menos um ano para acontecer, se acontecer

Jason Bateman diz que ainda está sendo negociado um acordo para a realização do longa

Rolling Stone EUA Publicado em 14/04/2013, às 13h19 - Atualizado às 13h19

Arrested Development
Reprodução

Um possível filme de Arrested Development demoraria pelo menos um ano, ou mais, segundo Jason Bateman disse em entrevista ao site I Am Rogue, concedida para promover o filme Disconnect.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Bateman, que intepreta Michael Bluth, disse que o filme ainda não é uma certeza – "Eu não sei se eles já começaram a negociar um acordo para isso”, acrescentou –, mas informou que os episódios da quarta temporada, que estreiam no Netflix em 26 de maio, foram pensados pelo criador Mitchell Hurwitz de forma a desembocar em um filme. “Um não funciona direito sem o outro", disse Bateman.

"Provavelmente deve levar mais ou menos um ano, talvez um ano e meio, entre uma coisa e outra”, ele continuou. "Então você terá que ver esses episódios de novo. Não foi agendado perfeitamente, mas a gente ficou feliz de poder se reunir o mais rápido possível.”

Em uma entrevista recente para a Rolling Stone EUA, David Cross (que interpreta Tobias Fünke em Arrested Development) disse que não tinha certeza absoluta de que existiria um filme. “Eu sei qual é o plano e eu adoraria ter a oportunidade de fazer o filme. Se isso vai mesmo acontecer, eu não sei. Mas eu quero trabalhar com essas pessoas para o resto da minha vida.”