Filme sobre beisebol com Brad Pitt é cancelado

Estúdios não gostaram do roteiro de Moneyball e desistiram de iniciar as gravações; Steven Soderbergh iria dirigir

Da redação Publicado em 23/06/2009, às 11h06

As gravações do filme Moneyball, do diretor Steven Soderbergh, foram canceladas pela produtora Columbia poucos dias antes de começarem. O drama sobre beisebol seria estrelado por Brad Pitt e foi tirado de cena pela presidente de produção da empresa, Amy Pascal, que estava insatisfeita com o roteiro.

De acordo com o site The Hollywood Reporter, o anúncio do cancelamento das filmagens foi dado na última sexta-feira, 19 - os trabalhos que começariam no começo desta semana. A decisão surpreendeu a equipe envolvida no filme, pois o processo de produção de Moneyball já estava em estágio avançado.

Mesmo após diversas mudanças, o roteiro - modificado pela última vez na semana passada - baseado no livro Moneyball: The Art of Winning an Unfair Game (algo como "Bola de Dinheiro: A Arte de Ganhar um Jogo Injusto"), de Michael Lewis, não supriu as expectativas de Pascal. A empresária sentiu falta de mais emoção na história sobre o time de beisebol Oakland Athletics e o gerente geral Billy Beane.

Soderbergh, que trabalhou com Pitt nos três filmes da franquia Onze Homens e Um Segredo, foi um dos autores do texto. Depois do cancelamento, Pascal autorizou o diretor a apresentar a ideia à Warner Bros e à Paramount. Caso não aceitem gravar Moneyball, a Columbia pode retomar o projeto com um novo roteiro.

Até a data de início das filmagens, o elenco do filme contava com Pitt (sua atuação havia sido anunciada em fevereiro deste ano) e o comediante Demetri Martin - ator do longa Taking Woodstock, previsto para chegar ao Brasil em meados de setembro. Soderbergh iria incluir também jogadores reais de beisebol e trechos de entrevistas com profisionais do esporte no decorrer da história.