Filme sobre a vida de Miles Davis pede ajuda através de campanha de financiamento coletivo

Além de viver o músico, Don Cheadle (House of Lies) também será roteirista e fará a estreia como diretor

Rolling Stone EUA Publicado em 09/06/2014, às 12h42 - Atualizado às 12h50

Miles Davis
Ton Pouw/AP

Don Cheadle lançou uma campanha de financiamento coletivo com intuito de arrecadar dinheiro para a cinebiografia de Miles Davis na qual ele vem trabalhando há anos. Com ela, o ator fará a estreia como diretor. O filme se chamará Miles Ahead e terá Cheadle como co-roteirista e intérprete de Davis.

Filme sobre Miles Davis terá Ewan McGregor e Zoe Saldana. Saiba mais.

Cheadle iniciou a campanha através do site IndieGogo no dia 3 de junho com o objetivo de reunir US$ 325 mil. Quatro dias depois, ele já arrecadou US$ 119.666 e tem até o dia 10 do próximo mês para conseguir o restante. Entre os prêmios estão camisetas a visitar ao set de filmagem do filme e da série House of Lies, na qual Cheadle atua.

No vídeo publicado na campanha, o ator fala como Davis rejeitava o termo “jazz” como representante do trabalho dele. O músico preferia dizer que fazia “música social”, termo com o qual Cheadle se alinhou para dar início ao crowdfunding.

Você sabia? Jimi Hendrix convidou Paul McCartney para parceria com Miles Davis.

“Acho que é conveniente para este filme que a sua produção seja feita através de uma experiência social”, disse ele. O vídeo ainda traz Cheadle conversando com Erin David e Cince Wilburn, filho e sobrinho de Davis, relembrando quando o músico entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll, em 2006. Na ocasião, perguntaram aos dois quem eles gostariam de ver dando vida ao músico e nome de Cheadle foi o primeiro da nlista.

“Surpreendentemente, a vida, a paixão e criatividade de Miles nunca foram levadas para os cinemas. E o fato da família dele me escolher para fazer é uma honra”, disse Cheadle no site da campanha.

Iggy Pop era um grande fã de Miles Davis, sabia? Leia a nossa entrevista de capa com o músico.

A ideia é que o filme foque no período da vida do músico em meado dos anos 1970, quando ele voltou a gravar e se apresentar após um longo período ausente lutando contra o vício em drogas. Herbie Hancock, contemporâneo de Davis, está trabalhando com Cheadle no filme, ao lado de Robert Glasper. O filme também trará Ewan McGregor como um "repórter da Rolling Stone EUA não confiável”.

Para ver o site, clique aqui. Assista ao vídeo da campanha;