Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Opinião

'Filmes foram corrompidos pela televisão', diz Denis Villeneuve

Diretor de Duna 2, um dos lançamentos cinematográficos mais aguardados de 2024, Denis Villeneuve chegou a trabalhar em um projeto com HBO

Denis Villeneuve (Foto: Kevin Winter/Getty Images)
Denis Villeneuve (Foto: Kevin Winter/Getty Images)

Um dos diretores mais aclamados e bem-sucedidos da atualidade, o canadense Denis Villeneuve, responsável por filmes como Duna 2 (2024), Blade Runner 2049 (2017) e A Chegada (2016), tem opinião forte sobre o impacto das séries de televisão nos filmes.

Durante entrevista ao The Times of London, o cineasta comentou sobre o desejo crescente dele em fazer um filme sem diálogos. "Francamente, odeio diálogo. O diálogo é para o teatro e para a televisão," opinou. "Não me lembro de filmes devido a uma fala boa, lembro-me de filmes por conta de uma imagem forte."

Não estou interessado em diálogo. Imagem e som puros, esse é o poder do cinema, mas é algo que não é óbvio quando se assiste a filmes hoje. Os filmes foram corrompidos pela televisão.

+++LEIA MAIS: Duna 3: Denis Villeneuve revela que roteiro está 'quase pronto'

Em seguida, o veículo perguntou a Denis Villeneuve se era "porque a TV teve aquela era de ouro e os executivos achavam que os filmes deveriam copiar seu sucesso?" Então, ele respondeu: "Exatamente. Em um mundo perfeito, eu faria um filme atraente que não parecesse um experimento, mas também não tivesse uma única palavra."

As pessoas saíam do cinema e diziam: ‘Espere, não houve diálogo?’ Mas não sentirão falta.

+++LEIA MAIS: Denis Villeneuve fará apenas três filmes de Duna, apesar de serem seis livros