Filmes sobre o músico Paulo Moura e o escritor norte-americano George Plimpton abrem o É Tudo Verdade 2013

A 18ª edição do festival de documentários tem início em 4 de abril e vai até o dia 14, em São Paulo e no Rio de Janeiro; depois, a mostra segue para Brasília e Campinas

Redação Publicado em 26/03/2013, às 14h12 - Atualizado em 28/03/2013, às 10h17

 Paulo Moura – Alma Brasileira
Reprodução / Vídeo

O festival gratuito de documentários É Tudo Verdade abrirá sua 18ª edição em São Paulo e Rio de Janeiro com filmes que prestam homenagens ao músico brasileiro Paulo Moura e ao escritor e bon vivant norte-americano George Plimpton, respectivamente.

Em São Paulo, a exibição será realizada no dia 4 de abril, quinta-feira, no Cine Livraria Cultura (Av. Paulista, 2073 – Bela Vista). O filme sobre Moura foi idealizado por Eduardo Escorel enquanto o retratado ainda estava vivo – ele morreu em julho de 2010, aos 77 anos. Paulo Moura – Alma Brasileira é uma espécie de homenagem ao compositor, arranjador, clarinetista e saxofonista nascido em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. Assista ao trailer recém-lançado abaixo.

No Rio de Janeiro, a estreia está marcada para o dia 5, sexta, com Plimpton! Estrelando George Plimpton Como Ele Mesmo , no Cinépolis Lagoon. George Plimpton, mais do que um escritor, foi um modelo para toda uma geração norte-americana de jornalistas e escritores da segunda metade do século 20.

O É Tudo Verdade será responsável por trazer para o Brasil o documentário Sound City, aqui chamado de Cidade do Som, que marca a estreia de Dave Grohl (Nirvana e Foo Fighters) na direção, focando nas histórias do lendário estúdio homônimo em Van Nuys, na Califórnia.

Depois de sua passagem por São Paulo e Rio, o festival segue para Brasília, onde acontece entre 16 e 21 do mesmo mês, e termina em Campinas, cidade que recebe o festival de 23 a 28 de abril. A programação completa está disponível no site oficial (veja aqui).

Assista ao trailer de Paulo Moura – Alma Brasileira: