Final dos Starks dos Livros de Game of Thrones será diferente da série, admite George R.R. Martin - fãs teorizam sobre Arya

Após a quarta temporada, a série tomou um grande desvio dos livros, o que Martin garantiu que não vai acontecer

Redação Publicado em 22/01/2020, às 13h33

None
Maisie Williams em Game of Thrones (foto: reprodução/ HBO)

George R.R. Martin, o autor dos romances Crônicas de Gelo e Fogo, garantiu que os livros terão um final bem diferente da série de Game of Thrones, especialmente a respeito dos Starks e, sobretudo, da Arya.

Um dos maiores desvios da série da HBO do material base foi durante a quarta temporada, quando os acontecimentos da série ultrapassaram os livros. No quarto episódio (“Cumpridora de Promessas”) acontece a maior diferença: a primeira aparição do Rei da Noite.

+++LEIA MAIS: Fãs de Game of Thrones querem decidir custódia com julgamento por combate

Nos livros o vilão morto-vivo não existe, e Martin não deu nenhum indício de que irá introduzir o personagem nos próximos romances. Logo, a Longa Noite, a batalha final entre a humanidade e os Caminhantes Brancos, não terá o mesmo desfecho da série.

A Casa Stark é a família que mais se prepara e avisa do perigo dos mortos-vivos, e já que não terá como destruir o Rei da Noite para matar todos os outros zumbis (como acontece na série), o desenvolvimento deles em relação a isso será diferente.

+++LEIA MAIS: Polêmica nova série dos criadores de Game of Thrones na HBO é cancelada; Entenda

Principalmente no caso de Arya. A Lady matou o vilão na oitava temporada, e cumpriu a profecia que Melisandre deu a ela: “Você irá fechar olhos azuis.” Isso abre espaço para desfechos diferentes para a personagem.

Talvez os olhos azuis que Arya Stark feche sejam os de Cersei Lanister, ou a personagem pode nem conseguir se vingar. As respostas virão nos próximos livros, The Winds of Winter e A Dream of Spring, com lançamentos previstos para 2020 e 2021.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL