Cursed é a nova tentativa da Netflix de substituir Game of Thrones?

A série estreou no dia 17 de julho e conta a história de Nimue, uma jovem heroína que embarca em uma aventura

Clara Guimarães Publicado em 25/07/2020, às 17h00

Cursed- A Lenda do Lago
Foto: Divulgação/Netflix

Desde que Game of Thrones chegou ao fim em maio de 2019 surgiu a questão sobre qual seria a próxima produção a substituir o sucesso da série -  e a Netflix parece estar tentando capturar essa audiência órfã das histórias medievais de qualquer jeito.

O streaming lançou The Witcher no início do ano e recebeu muitos comentários sobre as semelhanças da produção com a série da HBO. A série é uma adaptação de um livro, se passa em tempos medievais e apresenta histórias de reinos e de fantasia com bastante violência.

+++LEIA MAIS: Peaky Blinders sofrerá com coronavírus - e Tommy Shelby será afetado; entenda

Agora, essas mesmas comparações com Game of Thrones ressurgiram com do lançamento de Cursed- A Lenda do Lagono dia 17 de julho. Na série, Nimue (Katherine Langford) é uma jovem heroína com o poder de se transformar na Dama do Lago. Depois de um evento trágico, ela embarca em uma aventura à procura do mago Merlim (Gustaf Skarsgard) e da espada sagrada na companhia de Arthur (Devon Terrel).

Mas onde estão as semelhanças com o famoso seriado da HBO?


Tempo Medieval

Todas as comparações começam pelo contexto em que Cursed acontece. A história se passa em tempos medievais, com cavaleiros, homens de fé, reis, rainhas e guerras pelo trono.

Por essa razão, os cenários podem lembrar os espectadores de Game of Thrones e até The Witcher.

+++LEIA MAIS: Crítica se derrete por O Irlandês: "Mais uma grande conquista para Scorsese"


Sangue, Nudez e Mortes

Como uma releitura das obras sobre o Rei Arthur, a série traz muitos mais elementos da fantasia para a história, mas as lutas de espadas ainda tomam a maior parte do show. A série parece se esforçar muito para copiar características que marcaram GoT, como excesso sangue, nudez, violência e até mortes de personagens (mas, em Cursed  só os coadjuvantes têm esse destino).

+++ LEIA MAIS: 3 motivos para querer ser da casa Stark em Game of Thrones (e 3 para preferir os Lannister) [LISTA]


Paladinos Vermelhos (Fé dos Sete)

Os fãs de Game of Thrones com certeza perceberam a semelhança entre os Paladinos Vermelhos e a Fé dos Sete, do seriado da HBO.

A Fé dos Sete é a principal religião dos Sete Reinos. Com a pobreza e a fome depois da Guerra dos Cinco Reis, muitos cidadãos se voltaram para a em busca de conforto e, desta massa desiludida, surge um movimento mais radical: os Pardais.

Os Pardais recrutam uma enorme quantidade de crentes oferecendo conforto emocional e melhorias de vida, e ganham força com o reconhecimento de Cersei Lannister. O grupo passa a realizar inquéritos e punir aqueles que vão contra o que acreditam, como homossexuais e bastardos.

+++ LEIA MAIS: Game of Thrones: Cena cortada teria mudado o final de Cersei Lannister, diz atriz

Em Cursed, os Paladinos Vermelhos também possuem muita influência politica e militar. Assim como a Fé dos Sete, muitos cidadãos se juntaram ao grupo por causa da situação extrema pobreza, buscando por um conforto e por um culpado: os seres com magia.

Os Paladinos Vermelhos são extremamente violentos em sua caça aos seres fantásticos, assassinando todos pelo caminho.

Romance Principal

Essa não é uma inspiração proposital em Game of Thrones, mas não deixa de ser uma semelhança. O romance principal entre Nimue e Arthur não agradou muito os espectadores, que acharam a relação apressada e sem sentido, como se a produção estivesse forçando você a gostar do romance.

Por coincidência, essa também foi uma crítica que Game of Thrones enfrentou com o relacionamento de Jon Snow e Daenerys. 

+++LEIA MAIS: Ficção científica retrô é novo sucesso de crítica da Amazon Prime; conheça Vast of Night

Vale a pena assistir?

Cursed- A Lenda do Lago está disponível na Netflix com apenas 10 episódios. A série acelera o ritmo depois do segundo capítulo e começa a focar nas histórias pessoais de mais personagens.

Mas, porque são muitos personagens para apresentar em uma temporada curta, a história e as relações podem parecer meio apressadas e forçadas - como Nimue e Arthur. Além disso, a transmissão de informação e as locomoções acontecem quase de forma instantânea, o que prejudica um pouco todo o contexto medieval.

+++LEIA MAIS: Filmes 'sérios' da Marvel são os únicos realmente bons - o resto é repetição de fórmula [OPINIÃO]

Por outros lado, para os fãs das histórias do Rei Arthur, a série será muito divertida por entregar easter eggs e mostrar personagens já conhecidos de uma perspectiva diferente. Cursed- A Lenda do Lago ainda está longe de ser um Game of Thrones, mas funciona para o propósito de entretenimento.