Flaming Lips irá lançar primeiro disco duplo da carreira

Banda liderada por Wayne Coyne gravou faixas durante jam sessions na casa do baterista Steven Drozd; álbum deve chegar às lojas ainda este ano

Da redação Publicado em 13/05/2009, às 21h47

A banda norte-americana The Flaming Lips lançará o primeiro álbum duplo da carreira. Os discos, compostos por faixas inéditas, trarão músicas gravadas "espontaneamente" em jam sessions na casa do baterista Steven Drozd.

Com quase 26 anos de estrada com o grupo de rock psicodélico, o vocalista Wayne Coyne, em entrevista à revista Billboard, revelou que o lançamento deve conter cerca de 22 músicas, sendo que 13 já estão escritas. Ainda sem nome, o álbum será o sucessor de At War with the Mystics, de 2006, e deve seguir uma linha mais "livre" e "doida".

"Nós estávamos sentados na casa de Steven e começamos a fazer essas jam sessions doidas em que ele tocava a bateria, e eu o baixo - e fazíamos algo meio doido", contou. "Algumas dessas gravações, apesar de não estarem bem gravadas, têm mesmo uma espontaneidade, com algo que nós provavelmente nunca faríamos de propósito."

Segundo Coyne, algumas músicas do disco fazem referências a outras bandas, como em "Convinced of the Hex", que pode soar como um mix entre Joy Division e Miles Davis Group, e "I Don't Understand Karma", que seria uma resposta a "Instant Karma", de John Lennon.

O frontman afirmou ainda que a banda deve finalizar o trabalho antes do início da turnê pela Europa e Austrália, em junho. Coyne garantiu que o público poderá ouvir algumas das faixas inéditas e a versão do Flaming Lips para a música "Borderline", de Madonna, gravada para o disco A Revolution In Sound (2009), da Warner Bros., composto apenas por covers.