Flashback: em 1969, Elvis Presley lançava ‘Suspicious Minds’

O músico fez um falso final para a canção escrita por Mark James e explorou o uso do fade-out

Stephen L. Betts/ Rolling Stone EUA Publicado em 27/08/2019, às 20h04

None
Elvis Presley no '68 Comeback Special' (Fotos: NBC)

"Suspicious Minds" completou 50 anos do lançamento nesta semana. A música escrita por Mark James ganhou uma versão de Elvis Presley e tornou-se um sucesso instantâneo. Em 1969, o músico registrou 17 hits número 1 na parada pop da Billboard e esta foi a 18º faixa de Presley a entrar nas paradas.

Um dos aspectos mais incomuns da música é o fade-out, que começa por volta do minuto 3:35 e dura vários segundos antes de desaparecer, retoma ao volume normal e é finalizada com mais um desaparecimento.

+++LEIA MAIS: Cinebiografia de Elvis Presley ganha data de estreia para 2021

São várias teorias do surgimento dessa ideia. Uma versão conta que durante as apresentações ao vivo da faixa, até então desconhecida pelo público, Presley e a banda se utilizaram dos recursos de volume, aumentando e diminuindo, para causar um efeito dramático. As apresentações de "Suspicious Minds" duravam em média oito minutos nos 29 shows de 31 de julho a 28 de agosto de 1969.

Tão bem sucedido quanto a interpretação de Presley, "Suspicious Minds" era uma música de capa popular e ganhou versões de diversos artistas da época. Apesar da música ser um sucesso, logo foi ofuscada por outra composição de Mark James, no qual, Presley também fez uma versão, "Always on My Mind" lançada em 1972. 

+++LEIA MAIS: Netas de Elvis Presley foram proibidas de participar de evento que celebra o avô

As oito tomadas de "Suspicious Minds" gravadas em Memphis estão entre as 90 faixas inclusas na coleção American Sound 1969  recentemente lançada. O conjunto de músicas também apresenta várias versões raras e inéditas de Elvis Presley.

Além da coleção, o Legacy Recordings da Sony lançou o Live 1969, um box de 11 CDs que reúne 11 das performances dos shows do International Hotel e tinha a primeira formação de seu clássico TCB Band, liderado pelo guitarrista James Burton.

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos