Flashback: Bob Dylan e Tom Petty tocam 'Lenny Bruce' em 1986; assista

Este mês, o músico apresentou a faixa, bem popular nos anos 1980, pela primeira vez em 11 anos

Andy Greene / Rolling Stone EUA Publicado em 29/10/2019, às 20h03

None
Bob Dylan no trailer de Rolling Thunder Revue: A Bob Dylan Story (Foto:Reprodução)

Bob Dylan fez algumas mudanças sifnificativas em suas apresentações ao vivo no início do mês, quando acrescentou o baterista Matt Chamberlain e o guitarrista Bob Britt na banda. Quem saiu foi George Recile (bateria), que tocava continuamente com o astro (no palco e no estúdio) desde que entrou no grupo, em 2001. 

Nenhum baterista na história tocou tantos shows comDylan. Chamberlain - mais conhecido por seu trabalho com Tori Amos, Pearl Jam, e a banda do Saturday Night Live - nunca tocou com ele antes, mas Britt contribuiu anteriormente durante sessions da Time out of Mind, em 1997.

+++ LEIA MAIS: Elton John confundiu Bob Dylan com jardineiro em festa dos anos 1980 

O setlist também mudou de maneiras pequenas, mas, ao mesmo tempo, enormes. “Beyond Here Lies Nothin'” eventualmente toma o lugar de “Things Have Changed” como a abertura, e agora “Not Dark Yet” e “Lenny Bruce” fazem parte do set regular. A última foi gravada para Shot of Love, em 1981, e era constante nos shows dos anos 1980. Abaixo, um vídeo de Dylan cantando com Tom Petty and the Heartbreakers na turnê co-headed de 1986. 

Assim como “George Jackson,” “Hurricane,” e “Joey,” a música é um tributo direto ao homem que Dylan admirava. “Vi [Lenny Bruce] tocar no começo dos anos 1960, lá por 1963, antes dele ser envolvido nos problemas legais,” disse o músico em 1986. “É alguém que nunca recebeu o respeito devido e não reconheceram a influência que ele teve em tantas pessoas. Caras como Richard Pryor e Eddie Murphy, devem muito a ele, mas ninguém faz tanto alvoroço por ele como fazem por outras pessoas que morreram cedo demais.”

+++ LEIA MAIS: Há 50 anos, Bob Dylan lançava o 1º disco considerado pirata da história 

Antes deste mês, Dylan não tocava a música ao vivo desde 2008. É provável que continue na setlist, já que a turnê durará mais seis semanas. Termina no dia 8 de dezembro em Washington. 

Dylan, então, fará uma pausa antes de ir para o Japão em abril de 2020, para 10 shows em Tokyo e três em Osaka. Estará, então, bem próximo do aniversário de 79 anos, mas agora já dá para imaginar ele tocando durante os 80 e poucos anos. Ao contrário de Lenny Bruce, ele tem sorte de ter uma carreira enorme.

+++ LEIA MAIS: As 10 melhores músicas de Bob Dylan [LISTA]