FLASHBACK: Em 2005, Fresno mostra ‘fotolog’ e ‘roquenrol emotivo’ em jornal na Globo

Lucas Silveira, vocalista, relembrou o vídeo icônico em seu Twitter durante esta terça, 26

Redação Publicado em 27/11/2019, às 18h52

None
Fresno durante show de 2007 (Foto: Wikicommons / Autor Luiz Alberto Fiebig Junior)

Lucas Silveira, vocalista da banda Fresno, relembrou no Twitter nesta terça, 26, o início do sucesso do grupo, lá em 2005. Compartilhou uma reportagem do Jornal Hoje, programa da TV Globo, apresentando ele (vocalista), Gustavo Mantovani (guitarra), Bruno Teixeira (baixo) e Pedro Cupertino (bateria).

“Vê se o brazilian emocore não é um troço maravilhoso,” escreveu Lucas na publicação. “Percebam a camiseta do XamorX do Cuper [Pedro Cupertino] (que eu fiz questão de usar no clipe de ‘Onde Está’),” disse, chamando atenção para as filmagens do single do disco O Rio, a Cidade, a Árvore, de 2004.

+++ LEIA MAIS: Com novo disco, Fresno mostra que o emo está vivo e é bem-vindo: "A tristeza do adulto é mais verdadeira"

O cenário também recebeu comentários: “Aquele quartinho de onde eu postava no FOTOLOG enquanto meu irmão finalizava os encartes dos primeiros discos. Saudades,” relembrou, falando da cena em que ele conversa com os repórteres e mexe em um computador - mais especificamente, na página de Fotolog da Fresno.

Agora, lembremos que em 2005, ano da reportagem, o YouTube ainda engatinhava (nasceu em janeiro daquele ano - as entrevistas são de agosto), e não existia um site para você colocar seus vídeos. Então, era bem comum que bandas postassem músicas e vídeos em blogs pessoais; no Brasil, o Fotolog era uma dos sites (quase podemos chamar de “rede social”) mais populares.

+++ LEIA MAIS: Fresno se aproxima do post-rock, da melancolia e da solidão no clipe de De Verdade; assista

Também vale ressaltar que com o acesso isolado e sem uma “timeline” para reunir vídeos, era muito mais difícil conseguir fama pela internet. Nos EUA, o MySpace ajudou a revelar alguns nomes justamente por já ser conhecido por isso; mas, aqui no Brasil, era bem diferente, e a Fresno foi uma das pioneiras a conseguir o feito. 

Isto é, inclusive, ressaltado no início da reportagem, quando Sandra Annenberg (dividindo a bancada com Evaristo Costa) diz, com voz impressionada: “A banda que caiu na rede… A rede mundial de computadores. Quatro garotos de Porto Alegre começaram a gravar e distribuir músicas pela internet. E o som que antes era ouvido apenas por família e amigos, conquistou muitos outros faz."

+++ LEIA MAIS: Skank, Fresno e mais: a origem do nome de 11 bandas brasileiras de rock [LISTA]

Depois, comenta-se ainda que a Internet pode ser “uma aliada para bandas independentes chamarem a atenção das rádios” - pois, antes da era streaming e até mesmo de vídeos no YouTube, ter uma música tocando nas rádios era a maior conquista que uma banda poderia querer alcançar.

Assista, abaixo, a apresentação de Fresno ao Brasil pelo Jornal Hoje: