Fleet Foxes participará de álbum de ex-Beach Boys

Al Jardine, cofundador da banda da californiana, prepara o solo A Postcard From California

Da redação Publicado em 04/07/2009, às 17h16

Ex-guitarrista e cofundador do The Beach Boys, Al Jardine deverá contar com a banda Fleet Foxes em pelo menos uma faixa de seu próximo álbum, A Postcard From California. Em entrevista à Rolling Stone EUA, o músico de 66 anos contou que o primeiro encontro com a banda de Seattle ocorreu em Big Sur, região no centro de Califórnia onde ele mantém um estúdio - por lá, além de material próprio, o quinteto de Seattle se ofereceu para colaborar no trabalho solo de Jardine.

À Rolling Stone, durante cerimônia que consagrou a entrada de Jon Bon Jovi para o Hall da Fama dos Compositores, o guitarrista fez questão de elogiar o Fleet Foxes, que vê como uma espécie de herdeiro dos Beach Boys. "São fantásticos! Eles meio que têm esta vibração dos Beach Boys, também - harmonias muito bonitas. Estão simplesmente tomando o mundo de assalto, e sem qualquer single."

Robin Pecknold, vocalista do Fleet Foxes, definiu Jardine como "um cara realmente doce", em entrevista ao site Pitchfork. Disse, ainda, que a reunião com o veterano no estúdio havia sido "maravilhosa".

O Fleet Foxes ainda não consta entre as participações listadas no site oficial de Jardine. A relação de convidados inclui o ex-parceiro do Beach Boys Brian Wilson e o ator John Stamos, que interpretou o Dr. Tony Gates em E.R..

O site também oferece a tracklist de A Postcard From California. Uma das inclusões é "California Saga", gravada em 1973, com Neil Young, David Crosby e Stephen Stills, para os Beach Boys. A faixa ganhou o título de favorita de Jardine. "Tem verdade e valor. Neil Young e Crosby e Stills ajudam a dar integridade [à música]", disse.

Desde sua ascensão, em 2008, o Fleet Foxes colheu críticas favoráveis de praticamente todos os veículos - de "clássico instantâneo!" do The Guardian a "já está se moldando como álbum do ano", em julho de 2008, na revista Mojo. O quinteto se prepara, agora, para gravar o sucessor do único álbum de estúdio, batizado com o nome da banda e lançado ano passado.