Foster the People acredita em teoria da conspiração sobre morte do bilionário Jeffrey Epstein

A banda publicou nas redes sociais que considera o envolvimento de um dublê de corpo no caso da morte

Emily Zelmer, Rolling Stone EUA Publicado em 12/08/2019, às 18h55

None
Foster the People (Foto: Frank Micelotta/ Fox/ PictureGroup/ Shutterstock)

A banda Foster the People entrou nas teorias de conspiração que cercam a morte de Jeffrey Epstein. Epstein era um bilionário norte-americano acusado por tráfico sexual que teria tirado a própria vida no dia 10 de agosto.

+++ LEIA MAIS: Líder do Foster The People se desculpa depois de comentário maldoso sobre Imagine Dragons

O grupo Foster the People divulgou na conta oficial do Twitter alegações de que o corpo de Jeffrey Epstein encontrado na cela da prisão não era verdadeiro. Na verdade, seria um corpo idêntico.

“Vocês viram as fotos do corpo?” escreveu a banda. “Obviamente não é ele. Meu palpite é que Epstein está no avião privado indo para o Oriente Médio e se preparando para uma cirurgia plástica agora mesmo.” O grupo Foster the People adicionou a hashtag: “#EpsteinBodyDouble.”

Depois que a banda recebeu respostas aos tuítes, os músicos continuaram com a teoria, adicionando: “Eu acho estranho que fui criticado por repórteres da NBC e de outros noticiários pela minha opinião. Tudo o que vocês vêm dizendo têm sido concluído sem prova. Se vocês querem ser considerados autoridades da verdade de respeito, façam um trabalho melhor. E para qualquer um que acha que o artista que fala sobre questões sociais, encobrimentos e justiça é ‘inferior’...A: você precisa de uma aula de história. B: você está com medo do que estou dizendo. C: minha voz é minha marca, seja ela usada para falar ou cantar.”

+++ LEIA MAIS: Vocalista do Imagine Dragons reponde às críticas de Corey Taylor, do Slipknot

“Mais do que nunca os artistas precisam falar, porque eles não estão sendo pagos por anunciantes ou sendo mandados a contar histórias pelo chefes,” adicionou a banda. “Rupert Murdoch não está controlando a narrativa deles. Apoie seus artistas. Apoie o verdadeiro jornalismo. Verifique tudo. Faça sua própria pesquisa.”

A internet e a mídia têm proposto muitas teorias desde que o suicídio do bilionário se tornou público, inclusive a de que Jeffrey Epstein foi morto. O Presidente Trump até sugeriu em uma série de retuítes que a antiga Secretária de Estado Hillary Clinton estava envolvida na morte.

Epstein foi encontrado enforcado na cela da prisão. Jeffrey Epstein estava em uma instalação controlada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, enquanto aguardava o julgamento por tráfico sexual e conspiração para se envolver em tráfico sexual.

LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019