Fotógrafo Jim Marshall morre aos 74 anos

Artista ficou conhecido por imagens marcantes da história do rock; causa da morte é desconhecida

Da redação Publicado em 25/03/2010, às 13h22

Jim Marshall, o legendário fotógrafo que registrou algumas das imagens mais marcantes do rock, morreu na noite desta terça-feira, 23, enquanto dormia em um quarto de hotel, em Nova York, segundo informou o site do jornal The New York Times nesta quarta-feira, 24.

A morte foi confirmada por Peter Blachley, do Morrison Hotel Gallery, em NY, que representa o fotógrafo na região. Ainda não se sabe a causa da morte, mas Blachley teria dito que ele morreu durante o sono.

Marshall morava na Califórnia, mas estava em Nova York para promover o Match Prints, seu novo livro em parceria com o amigo fotógrafo Timothy White. Mashall também havia sido escalado para falar em um evento que aconteceria nesta quarta, 24, na loja do estilista John Varvatos, no bairro do SoHo. Uma exibição de fotografias do livro também está marcada para abrir as portas na sexta-feira, 26, na galeria Staley-Wise, também no SoHo.

James Marshall ficou conhecido pelas imagens legendárias que capturou, devido ao exclusivo acesso que tinha a grandes nomes da música. Ele era o fotógrafo preferido de Jimi Hendrix, Rolling Stones, Janis Joplin, entre outros artistas. Também fotografou gente como Bob Dylan, Johnny Cash, The Who, John Coltrane e Led Zeppelin.

Uma das fotos mais famosas do artista é a de Jimi Hendrix queimando sua guitarra no festival de Monterey Pop,na Califórnia, em 1967, e a do Johnny Cash mostrando o dedo médio durante uma apresentação na penitenciária de San Quentin, na Califórnia, em 1969.

Além disso, Marshall foi o único fotógrafo liberado para registrar o backstage da última apresentação do Beatles, em São Francisco, no ano de 1966. Ele também foi o principal fotógrafo do festival de Woodstock e acompanhou o Rolling Stones na turnê histórica de 1972. (Veja na galeria de fotos ao lado)

Segundo o The New York Times, ele era considerado uma estrela da música, tanto por causa da qualidade de suas fotografias, quanto por sua dedicação em conquistá-las.

Aos 74 anos, Marshall ainda estava na ativa. Mais recentemente, fotografou John Mayer, Ben Harper, Lenny Kravitz e Velvet Revolver. O fotógrafo publicou cinco livros em sua carreira, incluindo Trust: Photographs of Jim Marshall, uma coleção com suas principais fotos, lançada no ano passado.