Fred Durst pode demitir integrantes do Limp Bizkit

Segundo o TMZ, John Otto e DJ Lethal, membros originais da banda, não se encaixam nos novos planos do vocalista

Rolling Stone EUA Publicado em 03/04/2012, às 15h35 - Atualizado às 15h47

Stephan Solon/Divulgação

Fred Durst planeja demitir dois integrantes originais do Limp Bizkit, segundo o TMZ. De acordo com fontes do site, Durst tem uma “nova visão” para a banda que não inclui o DJ Lethal e o baterista John Otto. O grupo recentemente assinou com o selo Cash Money Records, o que pode ser um sinal de uma mudança mais em direção ao hip-hop.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

De acordo com o TMZ, os problemas de Durst com Lethal e Otto não são apenas relacionados a diferenças criativas. O vocalista aparentemente não tem estado contente com o estilo de vida de ambos (muitas festas, informa o veículo), que não se encaixa com os hábitos do próprio Durst (ele recentemente documentou uma dieta no Tumblr).

Lethal e Otto não foram oficialmente demitidos, mas estão preocupados com o futuro deles na banda. “Nós trabalhamos juntos nos últimos quatro anos para trazer o Limp Bizkit ao ponto onde o grupo se encontra agora, e ser botado na rua depois que a banda assina um novo contrato não é legal”, Lethal disse ao TMZ. “Você não pode afastar as pessoas que te ajudaram a chegar lá. Os fãs deveriam saber que se dois quintos da banda original não estão tocando nos shows, não será verdadeiro com eles.”