Freddie Mercury avisou Mary Austin sobre polêmicas do testamento dele: ‘Foi doloroso’

O líder do Queen deixou praticamente todo o patrimônio dele para a ex-namorada e melhor amiga

Redação Publicado em 05/02/2020, às 09h12

None
Mary Austin e Freddie Mercury (Foto: Reprodução)

Freddie Mercury deixou a maior parte do patrimônio dele para a ex-namorada e esposa de consideração, Mary Austin. E, antes de morrer, o líder do Queen alertou a melhor amiga sobre os desafios e as possíveis crítica que enfrentaria ao receber os bens.

Em entrevista ao Daily Mail, Mary contou que o ex-companheiro revelou o testamento para ela durante os últimos momentos de vida. A ex-namorada de Mercury herdou a mansão Garden Lodge e 50% dos futuros lucros do Queen.

"Ele me alertou sobre a casa ser um desafio maior do que eu esperava. Eu sou grata por ele ter feito, porque eu fiquei enciumada como um trem-bala japonês. Muito doloroso", falou Mary.

+++ LEIA MAIS: Mary Austin detalha a conexão com Freddie Mercury: ‘A dor dele era a minha dor’

Ela completou: "Eu não entendo isso, porque, para mim, são tijolos e argamassa. Eu tento nunca ser ciumenta ou sentir inveja das pessoas".

Mary também confessou que o músico estava certo ao alertá-la sobre os futuros problemas da herança. Ela disse: "Eu me peguei pensando: 'Oh, Freddie, você me deixou muita, muita para lidar também'. Eu senti que não conseguiria viver para aquilo".

+++ LEIA MAIS: Os últimos instantes de Freddie Mercury: "Terrivelmente fraco", diz Jim Hutton

Além disso, a melhor amiga de Mercury afirmou que os integrantes restantes do Queen não aproveitaram a generosidade do vocalista e nem compreenderam o legado deixado para cada um deles.

"Freddie foi muito generoso com eles [os integrantes do Queen] nos últimos anos da vida e eu não acho que eles aproveitaram aquela generosidade [...] Eu não acho que eles apreciaram ou reconheceram o que Freddie deixou para eles", disse Mary.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL