Freddie Mercury manda presentes de Natal para amigos até hoje; entenda

O artista faleceu em 1991, mas amigos ainda são presenteados no Natal

Redação Publicado em 26/12/2020, às 11h30

None
Freddie Mercury (Foto: Gill Allen / AP)

Uma das características mais marcantes de Freddie Mercury, astro do Queen, era a generosidade. O artista adorava presentear os amigos, principalmente em festividades como o Natal. Mesmo após a morte dele, em Novembro de 1991, Freddie continua enviando presentes em datas importantes, todos os anos.

Em entrevista ao Express Online, Peter Freestone, assistente pessoal do artista e um dos amigos mais próximos do mesmo, afirmou que uma das maiores alegrias de Mercury era trazer felicidade para os outros: “Freddie pensava mais nos outros do que nele mesmo. Ele sabia que pessoas como eu e Joe (Fanelli, cozinheiro e ex-namorado) cuidariam dele para que ele pudesse cuidar dos amigos. Ele tinha muito prazer em fazer isso.”

+++LEIA MAIS: Os dias finais de um ícone: A família de Freddie Mercury sabia da doença dele?

No Natal, Freddie convidava todos os conhecidos que não tinham família ou lugar para passar o feriado para um banquete na mansão dele. O último Natal celebrado pelo astro foi em 1990, um jantar luxuoso que contou com a presença de entes queridos, entre eles a ex-namorada Mary Austina e o parceiro Jim Hiutton.

Nos últimos meses de vida, Freddie Mercury planejou que mesmo após a morte, amigos e entes próximos continuariam recebendo presentes. Elton John chegou a afirmar que em uma manhã de Natal, havia um presente de Mercury à porta da casa dele. Uma pintura de um dos artistas favoritos de Elton, Henry Scott Tuke, com um bilhete que dizia: “Querida Sharon, achei que você amaria isso. Com amor, Melina”. Sharon e Melina eram apelidos carinhosos que John e Mercury usavam um com o outro.

+++LEIA MAIS: 29 anos após a morte do ícone: veja o que aconteceu com os amores da vida de Freddie Mercury

O astro do Queen mantinha um caderno com aniversários e datas importantes de amigos próximos, e após a morte dele, o caderno foi utilizado para que o desejo de Mercury de presentear pessoas queridas continuasse. Todos os anos, artigos de luxo são enviados da loja The Imperial Hamper para amigos e afilhados.


+++ CYNTHIA LUZ: 'A GENTE PRECISA OUVIR A VOZ DAS PESSOAS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL