Freddie Mercury pediu para Mary Austin guardar um único e último segredo depois da morte dele; entenda

A assistente pessoal e conselheira do vocalista do Queen esteve ao lado dele até o fim

Redação Publicado em 25/01/2020, às 17h00

None
Freddie Mercury e Mary Austin (Foto: Reprodução)

Freddie Mercury, o eterno vocalista do Queen, era conhecido pela voz única e pela excelente sensibilidade de composição, tendo vivido a maior parte de sua vida sob os holofotes. 

Havia uma grande leva de fãs e jornalistas que desejavam saber tudo sobre o artista. Ainda assim, existe uma coisa sobre ele que foi mantida em segredo até hoje - e apenas Mary Austin tem essa informação.

+++ LEIA MAIS: Ex-namorado de Freddie Mercury revela qual foi a reação dele ao descobrir a doença do cantor

Mesmo após o término do relacionamento deles em 1976, quando o cantor revelou que estava se relacionando com um homem, Austin e Mercury permaneceram próximos. Ela se tornou a assistente pessoal e conselheira do vocalista do Queen, que dizia ter em Austin a única amizade verdadeira dele.

Certa vez, ele comentou: “Todos os meus amantes me perguntaram por que não podiam substituir Mary, mas é simplesmente impossível. Não podia me apaixonar por um homem da mesma maneira que me apaixonei por Mary.” 

Em 1987, FreddieMercury foi diagnosticado com AIDS. Austin e o parceiro de Mercury na época, Jim Hutton, estiveram do lado dele até que ele faleceu de broncopneumonia, em novembro de 1991.

+++ LEIA MAIS: Por que Freddie Mercury deixou a maior parte da herança para Mary Austin e não para Jim Hutton?

Antes de morrer, Mercury pediu para que Austin enterrasse as cinzas dele num local especial e secreto - sem nunca revelar a ninguém.

"Ele não queria que ninguém tentasse desenterrá-lo, como aconteceu com algumas pessoas famosas", disse Austin. “Os fãs podem ser profundamente obsessivos. Ele queria que isso permanecesse em segredo, e assim será.” 

+++ LEIA MAIS: Queen com Freddie Mercury será homenageado em moedas no Reino Unido: ‘Quem imaginaria?’

No dia em que Austin enterrou as cinzas de Mercury, ela fez de tudo para não chamar a atenção da mídia. 

"Eu não queria que ninguém suspeitasse que eu estava fazendo algo diferente do que normalmente faria", ela contou. “Eu disse que estava indo fazer um tratamento facial. Eu precisei ser convincente... Tinha que parecer mais um dia normal para que a equipe não suspeitasse de nada.”

Pouco tempo antes de finalmente espalhar as cinzas, Austin convidou os pais de Mercury para que eles se despedissem. No entanto, nem mesmo eles tinham permissão para saber onde ele seria enterrado.

 

 


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL