Freddie Mercury precisou implorar para entrar em uma banda antes do Queen; entenda

O vocalista não era considerado um bom cantor e passou por duas bandas antes de se juntar a Brian May e Roger Taylor, em 1970

Redação Publicado em 09/12/2019, às 08h38

None
Freddie Mercury (Foto: Legacy / Media Punch)

Ao contrário do que é retratado em Bohemian Rhapsody, Freddie Mercury passou por duas bandas antes de se juntar ao Brian MayRoger Taylor no grupo Smile, em 1970. Além disso, as habilidades vocais do futuro astro do rock não eram tão impressionantes no início da carreira, segundo o site Express UK.

No final da década de 1960, todos os estudantes que queriam se tornar estrelas do rock se conheciam e faziam parte da mesma cena do rock no oeste de Londres, o que significa que May, TaylorMercury já sabiam da existência uns dos outros e não se conheceram apenas quando o cantor se juntou a eles, como mostra o filme.

Em 1969, após insistir muito para fazer parte da banda, Mercury se tornou o vocalista e líder da Ibex. A primeira performance dele foi um show na hora do almoço no The Octagon Theatre, em Manchester. 

+++ LEIA MAIS: Freddie Mercury atribui sucesso do Queen a John Deacon: "Ele nos salvou da ruína"

Segundo o empresário do grupo, Ken Testi, os músicos abriram o show com um cover de "Jailhouse Rock" e o Mercury demorou para ter confiança no palco. No longa-metragem, esta cena foi retratada como o primeiro show dos integrantes do Queen.

"Ele ficou de costas para a audiência durante metade do primeiro número, mas, pelo fim da primeira música, a vergonha tinha ido embora e ele estava performando bem", disse o empresário.

Já o baixista da banda, Tupp Taylor, relembrou que a performance da banda era horrível e que Mercury não tinha controle total sobre os vocais dele. Ele disse: "Freddie Mercury não era Steve Winwood, Steve Marriott ou Joe Cocker. No começo, a afinação dele era péssima".

+++ LEIA MAIS: Qual música do Queen mais emocionava a mãe de Freddie Mercury após morte do cantor?

Tempos depois, a banda passou a se chamar Wreckage, a pedido de Mercury, e continuou realizando shows pequenos pelo país. May relembrou que o artista ainda não dominava o canto, mas certamente tinha potencial para um performer.

 "Eu lembro que Freddie estava muito entusiasmado e fazendo muito barulho. Nós dificilmente conseguíamos acompanhá-lo", disse o guitarrista.

Após o término da Wreckage, o futuro vocalista do Queen se juntou ao Sour Milk Sea, porém a banda durou apenas alguns meses. Na mesma época, o líder do Smile, Tim Staffell, decidiu sair do grupo depois que os músicos não conseguiriam cumprir o contrato com a Mercury Records e emplacar um música nas paradas.

Foi neste cenário, que Mercury performou pela primeira vez com May e Taylor. Os músicos se juntaram para fazer um show no Truro City Hall, em 1970. Logo em seguida, eles formaram um grupo, alcançaram o Top of The Pops, e, então, deram início à trajetória do Queen que vemos em Bohemian Rhapsody.


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'