Friends: os empregos de cada um dos 6 personagens [LISTA]

Os protagonistas não passavam o dia todo no Central Perk como aparece na maior parte da série

Redação Publicado em 18/12/2019, às 19h43

None
Friends (Foto: Reprodução/Warner Bros.)

Parece que os personagens de Friends passam a maior parte do tempo descansando no sofá do Central Perk ou no apartamento de Monica do que nos empregos cotidianos.

Mas, embora muitas vezes não os vemos trabalhar muito, Ross, Rachel, Monica, Joey, Phoebe e Chandler tiveram vários trabalhos que não foram retratados de maneira realista e na verdade, foram excessivamente ficcionalizados. 

+++LEIA MAIS: 8 cenas de Friends que certamente fizeram você chorar - e farão de novo [LISTA]

Aqui estão os empregos dos 6 protagonistas de Friends:

Monica

Monica sempre teve empregos relacionados ao mundo da gastronomia. No início da série, na segunda e na terceira temporada, trabalhou como garçonete no Moondance Diner, o estabelecimento temático da década de 1950, onde ela precisava usar uma peruca loira, um peito falso e patins para receber pedidos.

Mais tarde, Monica trabalhou como chefe de cozinha em restaurantes de alto padrão como o Allesandro e o Javu. Os chefes de cozinha normalmente trabalham de quarta a domingo e folgam às segundas e terças-feiras. Uma explicação para a presença frequente da personagem nas reuniões do Central Perk é que Monica trabalha no serviço de almoço do restaurante, então ela é obrigada a começar o trabalho às 5h45 e saí antes do anoitecer. 


Joey

Ao longo da série, Joey trabalhou como ator, participando regularmente de audições que a agente encontrava, principalmente em peças teatrais. A carreira foi retratada de maneira pouco realista, porque, o personagem parece confiar em papéis ocasionais e na generosidade de Chandler. Mas, ninguém sobrevive assim em uma sociedade capitalista.

Mais tarde na série, Joey conseguiu um papel muito importante, o Dr. Drake Ramoray na novela Days of Our Lives. E, parece ser o único emprego do personagem que rendeu um bom e fixo salário.

+++LEIA MAIS: Friends: 6 detalhes sobre o apartamento de Chandler e Joey que você nunca notou [LISTA]


Ross

Parece meio impossível que Ross comece a série como um Ph.D., especialmente porque o personagem deveria ter 26 anos de idade no episódio piloto. Claro, ele poderia ter sido um acadêmico excepcional, mas parece bem pouco provável que ele tenha um doutorado sendo tão jovem.

Além disso, Ross dá aulas na Universidade de Nova York, que tem mais de 20.000 estudantes de graduação, então ele provavelmente passava muito tempo corrigindo provas e trabalhando em projetos - o que quase não é mostrado em Friends.

Curiosamente, a NYU não possui um departamento dedicado à paleontologia, portanto, na vida real, o personagem provavelmente trabalharia no departamento de antropologia.

+++LEIA MAIS: Os 7 piores episódios de Friends, segundo o público [LISTA]


Rachel

Logo após decidir que tornaria-se independente, Rachel conseguiu um emprego como garçonete no Central Perk. Depois passou a ser assistente na Fortunata Fashions, e mais tarde, tornou-se uma vendedora na Bloomingdale's, uma grande loja de departamentos. Além de ter um ótimo senso de moda, os vendedores se concentram nas tendências de vendas e nos clientes.

No emprego na Bloomingdale, Rachel provavelmente também trabalhou com muitos números e dados, de acordo com Sari Baez, vice-presidente de vendas e marketing da marca de roupas Diplomacy Worldwide.

"É muito exigente e não é tão glamoroso quanto parece", disse Baez em uma entrevista à Insider, explicando que os vendedores de moda quase sempre lidam com inventário, orçamentos e números.

Notavelmente, Rachel mais tarde conseguiu um emprego como executiva na Ralph Lauren, que provavelmente inclui o gerenciamento de equipes maiores que trabalham nas tarefas listadas acima.

+++LEIA MAIS: 7 motivos para acreditar que Rachel e Joey formavam o melhor casal de Friends [LISTA]


Chandler

No episódio "Aquele com o cara chapado", Chandler recebeu uma promoção no campo de processamento de dados. Embora a descrição do trabalho não seja clara, uma vez que envolve dados, ele provavelmente procuraria números o dia todo, ajudando a organizá-los de alguma forma.

E, após essa promoção, há uma boa chance dele ter sido o supervisor da empresa, gerenciando os outros funcionários. Mas, o emprego dele sempre foi aquele no qual nem os próprios amigos sabiam exatamente o que ele fazia. 

Na nona temporada, Chandler consegue um novo emprego e torna-se um publicitário junior em uma agência. Nessa posição, o personagem ajudaria com ideias para comerciais, press releases e outros materiais do mundo do marketing. Como ele está em uma empresa, provavelmente escreveria para muitos produtos e serviços em diferentes setores. E, no nível júnior, é provável que ele ficava até mais tarde para trabalhar reescrevendo e não desenvolvendo slogans icônicos. 


Phoebe

Ao longo da série, Phoebe se apresentou no Central Perk regularmente. Mas, seria surpreendente se a personagem estivesse sendo paga pelos shows nas cafeterias, porque é raro ser pago para se apresentar em locais pequenos.

Durante grande parte da série, Phoebe trabalhou como massoterapeuta freelancer. Mas, na realidade, provavelmente ela atendia clientes de elite e fazia contatos regularmente, a fim de sobreviver e obter mais clientes.


+++ FRANCISCO EL HOMBRE SOBRE RASGACABEZA: 'É UM DISCO INDIGESTO, TOCA EM PONTOS DOLORIDOS E ÍNTIMOS'