Fundamental na história do rap nacional, Max B.O. conecta os caminhos de pai e filha em clipe; assista "Içar Velas"

Novo som do rapper tem a participação de Dada Yute e antecipa o disco que será lançado no segundo semestre de 2019

Pedro Antunes Publicado em 09/05/2019, às 10h22

None
Max B.O. (Foto: Casa Florália)

Max B.O. encontra, na relação entre pai e filha, a força para seguir adiante. O rapper, um dos artistas fundamentais para que o rap seja como o conhecemos hoje, lança nesta quinta-feira, 9, o clipe/single de "Içar Velas", faixa com a qual ele aquece a chegada do novo disco, previsto para o segundo semestre de 2019.

No vídeo, antecipado com exclusividade pela Rolling Stone Brasil, B.O. se junta ao videomaker Mário Kreb para mostrar o atleta de skate profissional Daniel Crazy pelas ruas de Porto Alegre.

O clipe de "Içar Velas" alterna entre luz e sombra: o cotidiano entre as esquinas escuras do pai e a imaginação da filha. Tudo se conecta pelo elo criado entre a família. É o pai que leva o caderno para a filha, e a filha que, ao colorir as folhas em branco, faz daqueles desenhos a esperança por um dias melhores.


“Esse som me fez acreditar que buscar dias melhores pros outros é parte do que me mantém vivo", explica B.O. "Escrevo roteiros da vida, como esse ciclo entre o pai que traz caderno pra alimentar o desenho da filha... E a filha que desenha os caminhos que o pai percorre. Um alimenta a arte do outro.”

A inocência da criança se contrapõe à vida real, mas é por meio da ternura desse yin-yang que B.O. acessa sentimentos como afeto e carinho. Como a canção entrega: o vento existe, vai de nós içar as velas e seguir em frente.   

Com Dada Yute também nos vocais, B.O. enfilera suas rimas sem gastar punch lines à toa. Seus versos buscam, como ele explicou acima, ativar um sentimento de transformação que cada um tem dentro de si.

Com um currículo de dar inveja, com parcerias de estúdio com Thaíde & DJ Hum, Black Alien e Edi Rock, B.O. é a história do rap em carne e osso. Em 2010, estreou solo com o disco Ensaio, o Disco. Também soltou a mixtape Antes que o Mundo Acabe, em 2012, e FumaSom Vol. 1 (2013).

2019, portanto, é o ano que marca o retorno de B.O. aos álbuns. Ele, que nunca esteve longe dos estúdios, planeja lançar o novo álbum no segundo semestre de 2019.

+++ 16 histórias que todos os fãs de Beatles deveriam saber